• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Polícia prende suspeitos de assassinar jovem em bloco de carnaval na Serra

  • COMPARTILHE
Polícia

Polícia prende suspeitos de assassinar jovem em bloco de carnaval na Serra

A polícia afirma que a motivação do crime foi a disputa pelo tráfico de drogas no bairro Eldorado, também na Serra

Um outro rapaz, suspeito no assassinato e identificado como Felipe Almeida continua foragido

Três homens foram presos acusados de envolvimento no assassinato de Waldir Benaia de Souza, de 24 anos, ocorrido em 11 de fevereiro, durante um bloco de carnaval em Manguinhos, na Serra. A polícia afirma que a motivação do crime foi a disputa pelo tráfico de drogas no bairro Eldorado, também na Serra.

Segundo a polícia, Lucas de Souza Arruda, de 19 anos, foi o responsável pelos disparos que mataram Waldir. Além de Lucas, foram detidos os primos Carlos Alberto Alves, de 24 anos, e Sandoval Fernandes de Souza, de 18. Um outro rapaz, também suspeito de envolvimento no assassinato e identificado como Felipe Almeida, de 22, continua foragido.

O delegado Rodrigo Sandi Mori contou que Waldir já foi chefe do tráfico de drogas em Eldorado, mas foi preso e perdeu a liderança. Assim que foi solto, tentou retomar a frente do tráfico no bairro. A partir daí, iniciou-se uma guerra.

No dia do crime, de acordo com a polícia, a vítima chegou a perceber que estava sendo seguida, mas não saiu do local, pois acreditou que com todo movimento e câmera de videomonitoramento, os suspeitos não cometeriam o crime. Para a polícia, Waldir estava armado e, após ser executado, os suspeitos levaram a arma que ele nem teve tempo de sacar.

Segundo o delegado, todos os envolvidos já estavam sendo monitorados há cerca de 15 dias pela Polícia Civil. Na última quinta e sexta-feira, os envolvidos foram presos no bairro Eldorado dentro de suas casas.

No dia do crime, além de Waldir, que foi assassinado, outras quatro pessoas que não tinham nada a ver com a guerra foram atingidas por bala perdida. O Sandi Mori classifica o ataque como um ato irresponsável.