• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Professora é assaltada e agredida em ponto de ônibus em Cariacica

  • COMPARTILHE
Polícia

Professora é assaltada e agredida em ponto de ônibus em Cariacica

Ela contou que pessoas presenciaram o crime, mas não a ajudaram

Uma professora de educação física foi assaltada e agredida em um ponto de ônibus do bairro Vila Palestina, em Cariacica. Ela tinha acabado de sair do trabalho, na noite da última quinta-feira (8), quando foi abordada pelos suspeitos.

"Tinha dois rapazes e eu perguntei se eles estavam esperando ônibus há muito tempo. Eles falaram que não e eu disse que estava com medo de ficar naquele ponto, pois é bem perigoso. Aí eles falaram que eu podia ficar, pois qualquer coisa eles estavam lá". contou a jovem.

Na verdade eram eles os criminosos, que não demoraram muito para revelarem a intenção de assaltar. "Eu fiquei bem distante deles. Quando o ônibus estava chegando, foi bem rápido. Um me empurrou, o outro puxou o meu cabelo me arrastando no chão. Eles já pegaram a minha bolsa revirando no chão. Eles não acharam o meu celular e perguntaram, mas eu só sabia gritar por socorro", disse a professora.

Segundo a vítima, algumas pessoas presenciaram as agressões, mas a ajuda demorou a aparecer. "Os carros no meio da rua desviavam de mim. Eu estava no chão e os dois me batendo. Teve um cara que parou, deu ré para se aproximar mais e um dos bandidos deu um chute na minha cabeça para finalizar", contou.

Assim que o veículo parou próximo a professora, os dois assaltantes correram. Eles foram para dentro do bairro. Moradores viram a correria e os perseguiram. Um dos suspeitos conseguiu fugir. O outro foi agredido e amarrado pela população até a chegada da polícia.

O suspeito foi identificado como Sidirley Souza. Ele foi levado pelos Policiais Militares para a Delegacia Regional de Cariacica. Ele foi autuado por roubo e na manhã desta sexta-feira (9) já foi encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de Viana. O comparsa dele não foi localizado.