• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Agência dos Correios é assaltada pela segunda vez pelo mesmo homem em Cariacica

  • COMPARTILHE
Polícia

Agência dos Correios é assaltada pela segunda vez pelo mesmo homem em Cariacica

A polícia acredita que esta é a segunda vez que esse mesmo criminoso rouba a mesma agência

Mais uma agência dos Correios foi assaltada. Desta vez, o bandido entrou armado em uma unidade em Cariacica e anuncia o assalto. A polícia acredita que esta é a segunda vez que esse mesmo criminoso rouba a mesma agência.

O crime aconteceu na manhã desta terça-feira (15), em Cariacica Sede. Nesta quarta-feira, a repartição amanheceu com o serviço suspenso. No lugar do atendimento, a justificava indicando que algo sério aconteceu.

O criminoso teve acesso à agência entrando pela porta principal. No interior da unidade, ele rendeu funcionários e, armado, obrigou que abrissem os cofres. Ele então pegou todo o dinheiro do cofre e dos caixas. Segundo a polícia, o homem saiu sem levar encomendas ou pertences das vítimas. Ao receberem as imagens de videomonitoramento, os policiais perceberam que se tratava de um velho conhecido. O assaltante já esteve no mês passado na mesma agência e roubou o local. Um detalhe chamou atenção: ele não fez questão de trocar nem a roupa.

Nas imagens, o homem suspeito aparece de camisa amarela, mochila nas costas e boné. O delegado Lorenzo Fontes, afirma que, provavelmente, o assaltante é o mesmo. "Eventualmente foi um individuo sozinho. Ele já tinha feito um assalto no mês anterior e são as mesmas características", disse.

Assaltos às agências já foram noticiados diversas vezes na Rede Vitória. Um dos casos aconteceu em março do ano passado, na agência de Santa Tereza, região Serrana do Estado. A mesma ação criminosa foi realizada por um outro grupo em São Domingos, Cariacica. No dia 30 de novembro de 2017, bandidos entraram no estabelecimento e obrigaram as equipes a abrirem os cofres. Todos os malotes foram colocados em uma mochila.

De acordo com o delegado, de janeiro a maio deste ano, mais de 20 agências já foram saqueadas. "Aconteceram um número elevado em 2017, embora tenha reduzido até a mesma data deste ano. Estamos divulgando algumas imagens para contar com a colaboração da sociedade", afirma o delegado.

Uma parceria entre bancos e a estatal permite que as agências funcionem como correspondente bancário. Para a polícia, isso torna os locais atrativos para a ação dos criminosos. "Os Correios funcionam como Banco Postal. Então ele recebe pagamento e não tem os mesmos aparatos de segurança de um banco", diz o delegado.