• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Assalto a casa terminou em tiroteio na região do Parque do Ibirapuera

  • COMPARTILHE
Polícia

Assalto a casa terminou em tiroteio na região do Parque do Ibirapuera

Segundo a Polícia Militar, assaltantes invadiram uma residência por volta das 13h50

Um assalto a uma casa no Brooklin, na zona sul, terminou com uma perseguição policial, criminosos trocando de carro, tiroteio e acabou na região do Parque do Ibirapuera, levando medo aos frequentadores neste feriado do dia 1.º de maio. No confronto, um guarda-civil e um dos suspeitos foram baleados. Neste momento, dois suspeitos fazem pelo menos uma refém em um casa na Rua Pedro de Toledo, próximo ao parque.

Segundo a Polícia Militar, assaltantes invadiram uma residência na Rua Laplace por volta das 13h50, a cerca de 6 quilômetros do Ibirapuera. Os agentes foram acionados e conseguiram localizar o veículo dos bandidos, um Fiat Punto, vermelho. Houve confronto e os criminosos tentaram fugir.

Os bandidos trocaram de carro durante a perseguição, que terminou nas imediações do Ibirapuera. Entre os veículos roubados na tentativa de fuga, havia uma viatura da Guarda Civil Metropolitana (GCM). Houve tiroteio, na frente do Portão 7 do Parque, e um guarda acabou atingido no pé. O estado de saúde é estável.

Pelo menos outros três carros também foram roubados. Em um Volkswagen Voyage, que foi abandonado depois, os policiais afirmam ter encontrado um fuzil.

Um dos suspeitos, ferido, se entregou. Na confusão, outros dois teriam corrido para dentro do Parque do Ibirapuera e os agentes iniciaram uma busca. Segundo frequentadores, houve orientação para que todos deixassem o parque.

Um helicóptero da Polícia Militar sobrevoa o Parque. "Estamos esperando a organização do parque nos ajudar pra decidirmos as próximas providências. Mas fato é que o Parque não está seguro", afirmou um GCM, que não quis se identificar.

Em nota, a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, responsável pela administração do Parque Ibirapuera, afirmou que o tiroteio aconteceu na parte externa e nega que bandidos armados entraram no local. Segundo a pasta, o parque continua aberto e não foi esvaziado.