• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dono da empresa Dolly é preso em operação contra sonegação fiscal

  • COMPARTILHE
Polícia

Dono da empresa Dolly é preso em operação contra sonegação fiscal

O dinheiro desviado com a fraude é estimado em R$ 4 bilhões.

O Ministério Público de São Paulo faz na manhã desta quinta-feira (10), em São Paulo, uma operação sobre sonegação fiscal e lavagem de dinheiro envolvendo a empresa de refrigerantes Dolly.

Com apoio da ROTA (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), Laerte Codonho, dono da empresa de refrigerantes, foi preso dentro de sua residência, na Granja Viana, região de Cotia, na Grande São Paulo. O ex-contador Rogério Raucci e o gerente financeiro Julio Cezar Raquena Mazzi também foram detidos.

Os agentes realizaram prisões, buscas e sequestro de bens, incluindo três helicópteros da empresa. Ao todo, são 21 mandados de busca e apreensão e prisão, nas cidades de São Bernardo do Campo, Barueri (Alphaville), Cotia, São Paulo, Guarulhos, Duque de Caxias (RJ) e Guaratinguetá. Entre as apreensões, estão três helicópteros da empresa.

Os presos serão levados para 77º Distrito Policial (Santa Cecília) e os bens apreendidos serão encaminhados ao Ministério Público.

Procurada pela reportagem do R7, a empresa ainda não se pronunciou sobre a operação tampouco sobre a prisão de Codonho.

Com informações do portal R7.com