• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Estudante de direito é preso por atropelar e deixar ciclista paraplégico em VV

  • COMPARTILHE
Polícia

Estudante de direito é preso por atropelar e deixar ciclista paraplégico em VV

Na época do atropelamento ele não fugiu do local, mas se recusou a fazer o teste do bafômetro

O estudante de direito Pedro Paulo Cunha de Souza Vivas Ferreira, de 23 anos, foi preso pela Divisão Especializada de Delitos de Trânsito. Para a polícia ele é o responsável por atropelar e deixar paraplégico o ciclista Fábio Mengali.

“Esse indiciado foi investigado por ter atropelado um ciclista na orla de Vila Velha em outubro de 2016. Na ocasião, foi provado durante o inquérito que ele fez uso de bebida alcoólica, assumido a direção do veículo e atropelado o ciclista”, contou o delegado Maurício Gonçalves.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, na época do atropelamento o estudante não fugiu do local do acidente, mas se recusou a fazer o teste do bafômetro. Pedro Paulo estava em uma boate em Itapoã. Ele teria ingerido bebida alcoólica no local. Depois das 5 horas deixou o estabelecimento em direção à Praia da Costa. Ele perdeu a direção no carro e atropelou a vítima.

“Investigadores conseguiram identificar a boate na qual ele teria passado a noite e a madrugada, e lá foram arrecadadas imagens do videomonitoramento e os espelhos da comanda no nome do investigado”, disse o delegado.

O estudante teve a carteira de motorista suspensa logo após o atropelamento, mas em março deste ano ele foi flagrado dirigindo. Durante a abordagem, ele tentou fugir pela contramão em uma rua movimentada de Vitória. “Ele foi preso por direção perigosa e violação da suspensão do direito de dirigir”, informou Gonçalves.

Pedro Paulo foi preso na última quarta-feira e encaminhado para o Presídio de Viana.

>>veja o vídeo<<