• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Adolescente é detido suspeito de matar comerciante dentro de mercearia na Serra

  • COMPARTILHE
Polícia

Adolescente é detido suspeito de matar comerciante dentro de mercearia na Serra

Evandes Félix Coelho, de 56 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça, em julho do ano passado, no bairro Feu Rosa

O comerciante foi assassinado dentro da mercearia dele, em Feu Rosa, na Serra, em julho do ano passado | Foto: TV Vitória

Um adolescente de 17 anos foi detido na manhã desta quarta-feira (06), suspeito de participar do assassinato de um comerciante de 56 anos. O crime aconteceu dentro da mercearia da vítima, identificada como Evandes Félix Coelho, no bairro Feu Rosa, na Serra, no dia 19 de julho do ano passado.

O suspeito, que tinha 16 anos na época do crime, agiu com a ajuda de um comparsa, também adolescente. Em depoimento, ele confessou ter matado o comerciante. Segundo o titular da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) da Serra, delegado Rodrigo Sandi Mori, durante a oitiva, o menor aparentou frieza e não demonstrou arrependimento.

Ainda de acordo com o delegado, o adolescente afirmou que não pretendia matar a vítima, mas quando viu que Félix abaixava as portas do comércio, decidiu voltar à mercearia e dar um único tiro, que atingiu a cabeça do comerciante.

"Quando esse adolescente saiu, o comerciante, aproveitando que os dois estavam fora da mercearia, tentou abaixar as portas. Nesse momento, ele reagiu ao assalto, os dois adolescentes seguraram e levantaram a porta e, pelo comerciante ter tido essa reação, o adolescente entrou na mercearia e efetuou um disparo, à queima-roupa, na cabeça do comerciante", afirmou Sandi Mori.

Após ser baleado, Félix ainda foi socorrido e levado para o hospital Jayme dos Santos Neves, mas não resistiu. O comerciante tinha uma filha, duas enteadas e cinco netos e a loja, que ele administrou por 25 anos, era seu único sustento. Por causa do comércio, Félix se tornou muito conhecido e querido por vizinhos e amigos do bairro.

Organização criminosa

Ainda de acordo com as investigações da polícia, o adolescente detido nesta quarta-feira é suspeito de participar de outros assassinatos em Feu Rosa e pertence a uma facção criminosa, conhecida na região pela agressividade.

"Ele faz parte de uma associação criminosa denominada POF, de Feu Rosa, uma das mais violentas do município. O modo de agir deles é sempre de maneira covarde, com requintes de crueldade, ora com disparos de arma de fogo de calibre 12 no rosto ou na cabeça das vítimas, ora com golpes de foice e faca", ressaltou o delegado.

Na casa do suspeito, a polícia afirma ter encontrado material para fabricação de armas caseiras. Segundo Sandi Mori, o assassinato do comerciante foi cometido com uma arma desse tipo.

"Em depoimento, ele relata que fabricava essas armas. Inclusive a arma que ele cometeu o latrocínio contra o Félix também foi usada num homicídio, ocorrido no dia 9 de junho de 2017, também no bairro Feu Rosa. Em um período de um mês, esse adolescente matou duas pessoas, utilizando a mesma arma de fogo fabricada por ele", destacou.

O adolescente apreendido foi encaminhado para a Unidade de Internação Provisória I (Unip), onde está à disposição da Justiça. A Polícia Civil ainda investiga quem é o outro adolescente suspeito de participar do crime contra o comerciante.