• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

'Genário Sanfoneiro' teria sido morto por causa de briga por imóvel em Vila Velha

  • COMPARTILHE
Polícia

'Genário Sanfoneiro' teria sido morto por causa de briga por imóvel em Vila Velha

O suspeito de cometer o crime, um homem de 52 anos, foi localizado em Barra de São Francisco. Ele confessou o assassinato, mas alegou legítima defesa

Genário foi morto com pancadas na cabeça, na noite da última segunda-feira, em Vila Velha

Um homem de 52 anos confessou ter matado o professor universitário Genário José da Mata, o "Genário Sanfoneiro", de 68 anos, assassinado a pancadas na noite da última segunda-feira (4), no bairro Alvorada, em Vila Velha. De acordo com a Polícia Civil, o homem alegou legítima defesa.

Ainda de acordo com a polícia, a motivação do crime seria briga pelo imóvel onde a vítima residia. O autor alega ser proprietário do imóvel, enquanto a vítima alegava ter obtido a posse por usucapião. O investigado foi ouvido e liberado, por não haver nenhuma das hipóteses que caracterizam o estado flagrancial.

O suspeito foi localizado por policiais da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Vila Velha. De acordo com o titular da delegacia, delegado Ricardo Almeida, responsável pelas investigações, no dia seguinte ao fato policiais civis foram até o município de Barra de São Francisco, na região noroeste do Estado, e identificaram um veículo Ford Ranger, utilizado pelo suspeito. Ele foi conduzido para a delegacia, onde prestou depoimento.

O caso segue sob investigação da DCCV de Vila Velha e outras informações, de acordo com a Polícia Civil, ainda não serão repassadas para não atrapalhar a apuração dos fatos. Denúncias que colaborem com o trabalho da polícia podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia 181. O sigilo e anonimato são garantidos.

Genário morreu após ser atingido com várias pancadas na cabeça, na porta da casa onde morava, em Alvorada. Além de atuar como professor universitário, ele já havia sido candidato a prefeito de Vila Velha em 2000 e também disputou as eleições para deputado federal nos anos de 2006 e 2010. No entanto, ele não foi eleito em nenhum dos pleitos.