• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Polícia descarta que dono de hotel foi vítima de latrocínio em Vitória

  • COMPARTILHE
Polícia

Polícia descarta que dono de hotel foi vítima de latrocínio em Vitória

O crime aconteceu no ano passado e a família acredita em execução

Os familiares suspeitam de um homem que se hospedou no hotel / Foto: Reprodução TV Vitória 

A polícia descartou que o dono de um hotel de Vitória tenha sido vítima de um latrocínio. Tanto a polícia quanto a família acreditam que o aposentado Aires Lírio foi executado. Os familiares ainda buscam uma resposta para a morte. A vítima foi assassinada em novembro do ano passado, no dia em que completaria 78 anos, dentro do hotel em que era proprietário.

“A gente até hoje não tem solução de nada que aconteceu. A gente corre atrás, procura informação, mas nunca tem informação de nada. Desde o começo a gente sabia que não foi latrocínio. A pessoa que entrou foi para matar, para acabar com a vida dele naquele dia”, afirmou a mulher do aposentado, Ana Maria Balsen.

A família tem certeza que a morte foi encomendada e suspeitam de um homem que se hospedou no hotel no dia do crime. As câmeras de segurança não estavam funcionando e não registraram a movimentação do dia. “Foi execução, crime de mando, a gente tem certeza. Nós temos uma pessoa suspeita e já mandamos o nome para a polícia”, disse o agricultor e filho da vítima, Vanderley Lírio.

Depois do crime a família manteve o hotel fechado, mas há um mês resolveu retomar o funcionamento. “Tentamos tocar a vida. A gente depende daquilo. Estamos tentando reabrir, mas ele [a vítima] era o cabeça”, destacou Ana Maria.

De acordo com a polícia, o inquérito relacionado ao crime foi encaminhado na última quinta-feira (7) para a Corregedoria da Polícia Civil para análise e continuidade das investigações. A polícia pede ainda para quem tiver qualquer informação que possa ajudar ligue para o Disque Denúncia 181.