Polícia

Dupla que jogou gasolina em clientes de posto bancário em Vila Velha é indiciada

Saulo de Souza e Carlos Mathues dos Santos Dias renderam 10 clientes e duas funcionárias, e levaram mais de R$ 70 mil. Crime ocorreu em abril

Redação Folha Vitória

Foto: divulgação SESP

A Polícia Civil concluiu a investigação sobre um roubo a um ponto de atendimento do Banestes, ocorrido no dia 4 de abril deste ano, em Vila Velha. Os suspeitos renderam 10 clientes e duas funcionárias da agência e levaram mais de R$ 70 mil. Durante o crime, chegaram a jogar gasolina nas pessoas que estavam no local.

De acordo com informações da Polícia Civil, Saulo de Souza, 42 anos, e Carlos Mathues dos Santos Dias, de 21 anos, chegaram na instituição de moto, um deles estava armado e outro portando um galão com substância inflamável e isqueiro. 

>> Quer receber nossas notícias 100% gratuitas? Participe da nossa comunidade no WhatsApp ou entre no nosso canal do Telegram!

Enquanto Carlos Mathues ficou do lado de fora vigiando a movimentação da rua, Saulo entrou na agência, jogou gasolina e ameaçou atear fogo nas vítimas e nos clientes que estavam esperando por atendimento. 

Em desespero, uma das funcionárias abriu um dos compartimentos e o suspeito teve acesso ao dinheiro. Em imagens de segurança do local, é possível ver Saulo levando o dinheiro da agência. 

"Uma adolescente, filha da funcionária do local, foi agredida com socos e puxões de cabelo pelo suspeito que fugiu após conseguir pagar todo o dinheiro que conseguiu", disse o chefe do Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic), delegado Gabriel Monteiro

Veja: 

Logo após o crime, a Polícia foi acionada e Saulo foi preso em flagrante, e posteriormente teve sua prisão preventiva decretada. 

Já Carlos Mathues foi denunciado ao Ministério Público, e ainda aguarda a Justiça emitir o pedido de prisão preventiva. Ele foi identificado e ainda não foi preso.

Os dois foram indiciados pela Polícia Civil por roubo e tortura. 

Foto: divulgação SESP
Saulo de Souza, 42 anos, e Carlos Mathues dos Santos Dias, de 21 anos
"O Carlos é investigado por trocar tiros com a Polícia em um confronto. Ele é apontado como um dos traficantes de Vila Velha, ele também era namorado da filha do Saulo. A sua identificação foi muito difícil, já que no dia do assalto ele ficou do lado de fora e ainda estava com capacete", relatou o chefe do Departamento Especializado de Investigações Criminais (Deic), delegado Gabriel Monteiro.

Segundo a Secretaria de Justiça do Espírito Santo (Sejus), os dois suspeitos têm passagem na Justiça por tr´áfico de drogas e roubo.

LEIA TAMBÉM: Mulher é flagrada com carro roubado em Cariacica e diz que pagou R$ 25 mil por veículo

Pontos moeda