• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Motorista de carro que explodiu em posto de VV é identificado e pode responder por dois crimes

  • COMPARTILHE
Polícia

Motorista de carro que explodiu em posto de VV é identificado e pode responder por dois crimes

O veículo usava botijas de gás de cozinha e explodiu enquanto era abastecido

O carro ficou destruído após a explosão / Foto: Reprodução TV Vitória

O proprietário do veículo que explodiu enquanto era abastecido com gás em um posto de combustível de Cobilândia, em Vila Velha, já foi identificado. De acordo com o delegado Marcelo Nolasco, os dois homens que levaram o carro até o posto foram ouvidos na delegacia e apontaram quem era o dono do carro e responsável pela instalação irregular do gás no carro. Ele está sendo procurado e pode responder por dois crimes.

“Estamos com duas pessoas, que é o cara que estava dirigindo a caminhonete que chegou rebocando o carro que explodiu e o cara que estava na direção, mas nenhum dos dois é o dono do carro. Eles estavam prestando socorro para o dono. Eles já apontaram quem é o dono e nós fomos atrás. A gente já sabe quem é”, disse o delegado.

>> Veículo precisa de autorização do Detran para usar gás. Saiba quais cuidados tomar!
>> Imagens de videomonitoramento mostram momento exato da explosão em posto de Vila Velha

Segundo Nolasco, o dono do carro está em situação de flagrante delito, pois fugiu do local do crime após cometer dois delitos. “Tem uma lei específica que proíbe a pessoa usar gás em veículos sem ser devidamente licenciado. É uma pena de um a cinco anos, e um outro crime do código penal por ter causado a explosão e colocado em risco pessoas e patrimônio, com uma pena de três a seis anos”, explicou.

Ainda de acordo com o delegado, o fato do aumento do combustível não justifica uma pessoa fazer uma mudança irregular do veículo. “Não justifica, ao meu ver, uma pessoa fazer uma ligação clandestina de gás, expondo toda uma sociedade em perigo sob alegação de que isso é mais barato. Isso não justifica de forma alguma”.

Agora a polícia está atrás do proprietário responsável pelo carro. “A gente verificou que uma caminhonete chegou rebocando o carro que explodiu. O proprietário fugiu na hora da explosão. Nós estamos atrás dessa pessoa responsável pelo carro. Não foi uma mera imprudência, foi um crime”, afirmou Nolasco.