Homem agride a namorada dentro de ônibus e é preso em flagrante pela polícia

Polícia

Homem agride a namorada dentro de ônibus e é preso em flagrante pela polícia

De acordo com os militares, o homem estava visivelmente embriagado e violento. Ele confirmou ter agredido a companheira

Redação Folha Vitória

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução TV Vitória

Um homem, de 34 anos, agrediu a namorada dentro de um ônibus e foi preso em flagrante por policiais militares.

Testemunhas disseram que as agressões aconteceram na noite deste domingo (26), em um veículo da linha 701, no Terminal de Itacibá, em Cariacica. O homem aparentava estar bêbado.

Por telefone, uma das testemunhas contou à equipe de jornalismo da TV Vitória/Record TV que o casal estava discutindo, até que em determinado momento o homem agrediu a companheira com socos no rosto e puxões de cabelo. Em seguida, ele fugiu do terminal.

Após as agressões, a mulher se escondeu no banheiro, ligou para o Centro Integrado Operacional de Defesa Social (Ciodes), acionou a polícia e contou que estava assustada e machucada. 

A polícia fez buscas na região do terminal e encontrou Marcelo Alvarenga Almeida, de 34 anos, em casa.

Suspeito estava visivelmente embriagado e confirmou que agrediu a companheira

De acordo com os militares, o homem estava visivelmente embriagado e violento. Ele confirmou ter agredido a companheira.

O agressor e a vítima foram encaminhados para o Plantão Especializado da Mulher (PEM) em Vitória, onde são registrados os crimes de violência contra a mulher.

Depois de ser ouvido, o homem foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória. Ele passou por exames, antes de ser encaminhado para o Centro de Triagem de Viana.

A vítima contou aos policiais que pretendia entrar com medida protetiva contra o ex-namorado. Ao ser procurada pela equipe da TV Vitória/Record TV, ela não retornou as ligações.

A Polícia Civil informou que o homem de 34 anos foi autuado em flagrante pelos crimes de lesão corporal e ameaça na forma da Lei Maria da Penha.

* Com informações do repórter Rodrigo Schereder da TV Vitória/Record TV