• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Polícia acaba com 'Baile do Mandela' na Serra e apreende armas e drogas

Polícia

Polícia acaba com 'Baile do Mandela' na Serra e apreende armas e drogas

A festa proibida era realizada no bairro Enseada de Jacaraípe, durante a madrugada deste domingo. Nenhum suspeito foi levado para a delegacia

Armas falsas, um revólver, drogas e um rádio comunicador foram apreendidos | Foto: Divulgação/PM

Policiais militares apreenderam armas e drogas durante uma ação em um baile funk clandestino - o chamado "Baile do Madela" - na madrugada deste domingo (14), no bairro Enseada de Jacaraípe, na Serra. Alguns suspeitos chegaram a ser abordados, mas foram liberados após a PM não encontrar nada de ilícito com eles.

A Polícia Militar informou que recebeu uma denúncia de que indivíduos estariam portando armas de fogo e comercializando drogas no baile funk e que equipes da Força Tática foram até o local, para averiguação. Ao perceberem a aproximação policial, diversos indivíduos empreenderam fuga.

Buscas foram realizadas no local da festa, onde foram localizados seis simulacros de arma de fogo, um revólver calibre 38 com quatro munições intactas, 101 frascos de loló, 25 pinos de cocaína, quatro frascos de lança perfume, uma bucha de maconha e um rádio comunicador.

Todo o material apreendido foi entregue à Delegacia Regional da Serra. Nenhum suspeito foi conduzido para a unidade policial.

Outros bailes

De acordo com a Prefeitura da Serra, outros dois bailes funks clandestinos, um em Nova Almeida e outro em Serra Dourada I, foram interrompidos durante o fim de semana. As ações contaram ainda com a participação de fiscais do Disque-Silêncio e da Guarda Municipal.

De acordo com a secretário de Defesa Social da Serra, Jailson Miranda, as equipes chegaram aos locais onde os bailes aconteceriam a partir de denúncias da comunidade e do monitoramento. "O monitoramento é feito constantemente pela Defesa Social e pela inteligência da Polícia Militar", disse.