• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Polícia reforça segurança após flagra de ostentação de armas no morro de São Benedito, em Vitória

  • COMPARTILHE
Polícia

Polícia reforça segurança após flagra de ostentação de armas no morro de São Benedito, em Vitória

São Benedito conta com uma base da Polícia Militar desde junho de 2014

Depois que criminosos foram flagrados ostentando armas durante o dia na comunidade do morro de São Benedito, em Vitória, a Secretaria de Segurança Pública e a Polícia Militar prometeram intensificar as ações de combate à criminalidade. O flagrante rolou após um 'baile do Mandela' na região.

Nas imagens, várias pessoas aparecem armadas com pistolas e submetralhadoras na região da praça pública do bairro. Um dos suspeitos é um rapaz de camisa preta e boné vermelho, que está com uma submetralhadora e bem próximo a outro jovem que aparece abraçado por uma pessoa. Logo depois, o rapaz já aparece com uma pistola em uma das mãos. Em outro ângulo é possível ver um jovem de camisa branca, com uma submetralhadora, passando perto de um poste e entrando em um beco. Na entrada do mesmo beco, mais um suspeito aparece com outra arma.

Toda a movimentação acontece em meio a circulação de mulheres e crianças pelas ruas. Em outro momento, um homem sem camisa, ingerindo uma bebida em lata, também aparece armado. Ele fala rapidamente com um motociclista. Depois disso caminha e aponta uma pistola para o alto, fazendo um movimento com a arma.

As imagens foram feitas por câmeras públicas de videomonitoramento, instaladas aqui no Morro São Benedito. O flagrante foi na última segunda-feira (08), por volta das 7h30. Fontes da Rede Vitória afirmaram que tudo ocorreu após um baile funk, conhecido como Baile do Mandela.

Após a divulgação das imagens, a Secretaria de Segurança Pública e a Polícia Militar anunciaram reforços na segurança do local. Eles também divulgaram a identificação de três indivíduos envolvidos: Jeferson da Hora Cordeiro, 20 anos; Alexandre Costa Júnior, 18 anos; e Marcos Vinícius Guimarães da Silva, 21 anos. A polícia diz que eles tem várias passagens e ainda que os mesmos já foram abordados em averiguação e operações muitas vezes. Outros três indivíduos não foram identificados.

Segundo o secretario de Segurança Pública do Estado, Nylton Rodrigues, as ações de combate aos crimes serão intensificadas, principalmente, aos finais de semana. "Nos principais dias do movimento, vamos colocar blitz de trânsito e não vai ficar uma moto sem ser abordada. Outra providência é que o pelotão das áreas elevadas da PM focará suas ações em São Benedito", disse.

O secretario acredita que os suspeitos se aproveitaram da ação da polícia voltada para as eleições para afrontar a ação da corporação. "Os criminosos são covardes. A cena foi feita no dia seguinte das eleições, quando dedicamos todo nosso efetivo para o capixaba votar com tranquilidade. Aproveitou-se, então, a madrugada de domingo para segunda para a afronta realizada por estes indivíduos, já identificados. Mas vai ter resposta e a já começa ser realizada hoje", disse.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Ramalho, afirmou que os suspeitos que aparecem no vídeo são ligadas ao tráfico de drogas. "São pessoas ligadas ao tráfico de entorpecentes e inúmeras vezes presos, mas sempre ganham a liberdade e retornam para o mesmo local de onde vieram e fazem as mesmas coisas. Isso é brincadeira com o trabalho da polícia e com a população capixabas", disse.

São Benedito conta com uma base da Polícia Militar desde junho de 2014. A estrutura construída no alto do morro, surgiu como mais uma arma no combate ao crime organizado e ao tráfico de drogas na comunidade, mas quatro anos depois, a medida parece não ser suficiente.