• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Estudante de direito é preso acusado de vender drogas em casa de luxo na Serra

  • COMPARTILHE
Polícia

Estudante de direito é preso acusado de vender drogas em casa de luxo na Serra

Em outra operação, a Deten prendeu em Vila Prudêncio, Cariacica, um homem acusado de guardar e entregar drogas para traficantes das regiões de Flexal e Campo Verde

Um estudante de direito foi preso, durante uma operação da Delegacia Especializada de Tóxicos e Entorpecentes (Deten), suspeito de vender drogas dentro da própria casa, uma residência de alto padrão em Manguinhos, na Serra. Bruno Fernandes Morais, de 20 anos, foi detido em casa, na última terça-feira (18).

Com o suspeito, os policiais encontraram 1,5 Kg de maconha, balança de precisão, material para embalo e um revólver calibre 38. Segundo a polícia, o rapaz alegou que não pretendia vender a drogas, mas sim sustentar o próprio vício.

De acordo com o delegado Augusto Giorno, da Deten, muitos estudantes de direito têm sido presos por envolvimento com o tráfico de drogas. "Suspeitamos que eles buscam a faculdade para obter conhecimento e ampliar a rede de contatos. Até porque é um mercado que eles têm a explorar, tendo contato com outros alunos, que têm um poder aquisitivo razoável, e tentar aumentar as vendas. Essa é uma linha de investigação nossa", ressaltou o delegado.

Operação em Cariacica

Em outra operação, a Deten prendeu, no bairro Vila Prudêncio, em Cariacica, um homem acusado de guardar e entregar drogas para traficantes das regiões de Flexal e Campo Verde, no mesmo município. Segundo a polícia, Rodrigo Ribeiro da Cunha, de 34 anos, foi abordado no momento em que saía para fazer uma entrega.

Na casa dele, a polícia encontrou 53 Kg de maconha, distribuídos em 83 tabletes, além de uma balança de precisão, faca para corte da droga e caderno de anotações, com a movimentação do tráfico. No veículo do detido, que, segundo a polícia, era usado para fazer transporte particular de passageiros, foi encontrada uma pequena porção de maconha.

"As investigações apontam que ele fazia parte de uma organização criminosa que trazia a droga direto do Paraguai para revender e abastecer o comercio de drogas aqui na região de Cariacica", destacou Giorno.

De acordo com a Polícia Civil, nenhum dos dois detidos, durante as operações, tinha passagem pela Justiça. Agora eles foram autuados por tráfico de drogas e levados para o presídio.