• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Homem é esfaqueado na feira de Aribiri, Vila Velha

  • COMPARTILHE
Polícia

Homem é esfaqueado na feira de Aribiri, Vila Velha

Testemunhas informaram que a vítima se envolveu em uma confusão em um bar próximo ao local. Mesmo ferido, o homem começou a fazer compras na feira, até ser socorrido por uma ambulância

Um homem foi esfaqueado na feira de Aribiri, em Vila Velha, na manhã deste domingo (23). De acordo com testemunhas, a vítima, de 33 anos, se envolveu em uma confusão em um bar da região e aparentava estar alcoolizada.

Comerciantes da região contaram que, mesmo ferido, o homem foi à feira e começou a comprar produtos, como se nada tivesse acontecido. Em seguida, ele caiu e ficou sentado em uma praça, esperando o socorro da ambulância do Samu. Ele foi levado para o Hospital Antônio Bezerra de Faria, no mesmo município.

A feirante Rose da Feira, da Associação dos Feirantes de Vila Velha, foi uma das pessoas que chamou pelo socorro e tentou ajudar a vítima. "Eu acho que a sorte dele é que ele estava alcoolizado. Não sentiu dor nenhuma e não sabia nem o que estava acontecendo. Ele até saiu andando pela feira comprando mercadoria, mesmo ensanguentado. Depois ele caiu e foi aí que todo mundo começou a pedir ajuda para o rapaz", contou.

Ninguém soube informar em qual dos bares os envolvidos na confusão estavam. O que testemunhas afirmaram é que muita gente estava na calçada, houve uma briga e o homem acabou esfaqueado. O agressor ainda não foi identificado.

O proprietário de um dos bares afirmou que a vítima passou no estabelecimento dele, porém horas antes do ocorrido. "Ele chegou aqui e não parecia estar alterado. Eu vi que ele entrou aqui sem camisa, porque eu não gosto que ninguém entre aqui sem camisa. Mas vi que ele não aprontou e deixei para lá. Depois ele voltou, por volta das 6 horas, com a mão na cintura. Fui ver o que era e ele estava sangrando", contou o comerciante Jorge da Silva.