• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Especialista dá dicas de segurança para motoristas de táxi e Uber

  • COMPARTILHE
Polícia

Especialista dá dicas de segurança para motoristas de táxi e Uber

Casos de assaltos durante corridas em táxi e Uber são frequentes. O especialista em segurança Patrick de Oliveira listou dicas para evitar essas situações

O medo de assaltos no caminho para o trabalho é frequente entre profissionais de diversas áreas. Com motoristas de táxis e do aplicativo Uber não é diferente. Por estar sempre nas ruas e receberem chamados em diversos locais, o perigo em ser assaltado se torna ainda maior.

No dia 17 de julho, por exemplo, um taxista pulou do carro em movimento para pedir ajuda à policiais que passaram no momento em que ele sofria um assalto. No último sábado (29), criminosos se passaram por passageiros de táxi e o motorista acabou baleado durante o assalto.

Para quem trabalha com a Uber a situação não é diferente. No dia 23 de julho um motorista teve o carro roubado durante uma corrida. Ele trabalhava há quatro meses e o carro era alugado. Outro motorista, que preferiu não ser identificado, revelou que recebeu um chamado do perfil de uma mulher, mas quando chegou ao local quem o esperava era uma dupla de criminosos.

Na tentativa de evitar algumas situações como estas, o especialista em Trânsito e Segurança Patrick de Oliveira listou dicas para estes profissionais do transporte. Confira!

1 - Evite áreas de risco

Não é recomendado atender solicitações para locais que o motorista não conheça bem ou em áreas que são consideradas perigosas.

2 - Não aguardar chamadas parado

Não fique parado aguardando chamadas, estacionados em locais públicos, ruas ou avenidas. Procure locais de maior movimento, como shopping ou postos de combustíveis.

3 - Analise os chamados

Dentro das possibilidades, ligue para o solicitante e tente detectar a real intenção do passageiro ao ouvir o tom de voz. Com isso, você pode decidir cancelar ou não a corrida.

4 - Crie grupos no Whatsapp

É indicado criar grupos em Whatsapp ou outros aplicativos com os demais motoristas. O objetivo é se comunicar em eventuais emergências e pedir ajuda aos colegas. Também é recomendado não silenciar o grupo.

5 - Evite passageiros com avaliação máxima

Passageiros com uma boa avaliação podem ser novos usuários que servem de ‘isca’ pelos criminosos.