• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Estado de SP registra menor taxa de homicídio doloso para julho desde 2001

  • COMPARTILHE
Polícia

Estado de SP registra menor taxa de homicídio doloso para julho desde 2001

Foram 269 ocorrências no mês passado, ante 290 em julho de 2016. Em 2001, foram registrados 930 homicídios durante o mês

São Paulo - O Estado de São Paulo registrou a menor taxa de homicídios dolosos para julho desde 2001, data do início da série histórica de estatísticas criminais. Foram 269 ocorrências no mês passado, ante 290 em julho de 2016. Em 2001, houve 930 homicídios no mês.

Fenômeno semelhante aconteceu na capital: 44 ocorrências no último mês - foram 72 em julho do ano passado. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 18, pela Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Na Grande São Paulo há estabilidade no crime: o número de homicídios dolosos foi de 76, mesmo índice de julho de 2016. Mas o número de vítimas aumentou: 9,94 vítimas a cada 100 mil habitantes.

Ja no interior, há aumento de homicídios dolosos (4,93%). O numero de vítimas subiu de 150, em julho de 2016, para 154 no mês passado.

Outros crimes

No Estado, dois tipos de crime tiveram aumento. O número de estupros aumentou 21,43%, e atingiu 884 casos. "A maioria dos crimes de estupro ocorre entre pessoas que se conhecem. O combate fica mais difícil", disse o secretário da segurança pública Mágino Alves. que pediu que as vítimas sempre denunciem o agressor. Já o roubo de roubo de carga teve alta de 5,44%, registrando 853 casos.

Outros indicadores tiveram queda: latrocínios (5,71%), roubos (6,15%), furtos (1,7%), roubos a banco (57,14%), roubo de veículos (13,69%) e furto de veículos (10,34%).