• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Mulher de PM morre após ter quase 100% do corpo queimado por amigo em Ibatiba

  • COMPARTILHE
Polícia

Mulher de PM morre após ter quase 100% do corpo queimado por amigo em Ibatiba

O marido da vítima disse que o acusado queria ficar com ela, mas ela não queria se relacionar com ele

Uma estudante morreu após ser queimada por um homem em Ibatiba. O suspeito ateou fogo nela e nele ao mesmo tempo. Thais dos Santos Menezes, de 25 anos, era casada com um policial militar. O crime aconteceu na noite da última quarta-feira (2) dentro da casa de parentes.

“Eu não desejo essa dor para ninguém. O que me dá raiva é que chegaram a cogitar que tivesse sido eu. O pior é que o cara está vivo ainda”, disse o policial militar Jorge Luiz.

Após o crime, a vítima foi socorrida e levada para o Pronto Atendimento do município, e depois transferida para o Hospital Jayme Santos Neves, na Serra. Thais teve quase 100% do corpo queimado e morreu na manhã desta sexta-feira (4).

“Ele falou para ela que se ela não ficasse com ele, ele a mataria e se mataria. Minha esposa ficou com medo e se mudou para a casa da irmã dela. Ele apareceu lá para conversar com ela, mas já foi para lá com um galão de gasolina. Ele entrou e minha esposa disse que nunca ia ficar com ele. Foi aí que ele chegou perto da minha esposa, jogou a gasolina. Minha cunhada ficou sem ação e só soube correr. Ele riscou o fósforo ou isqueiro no corpo da minha esposa, a abraçou e gritou que eles iam morrer juntos”, contou o marido da vítima.

Jorge e Thais estavam casados há três anos e, após uma discussão, há cerca de três semanas, tinham se separado, mas iriam reatar. O suspeito de atear fogo na estudante também foi levado para o Hopistal Jayme Santos Neves, onde permanece internado. A família espera por justiça.

A ocorrência foi apresentada a Delegacia de Plantão de Venda Nova do Imigrante e o caso será investigado. José Gonçalves foi autuado em flagrante por homicídio tentando e será indiciado por homicídio. Ele está no hospital sob escolta policial e quando tiver alta irá direto para o presídio.