• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Operação 'Força Tática' mira envolvidos com tráfico de drogas em Cachoeiro

  • COMPARTILHE
Polícia

Operação 'Força Tática' mira envolvidos com tráfico de drogas em Cachoeiro

Ao todo, 10 pessoas foram encaminhadas para a Delegacia do município para prestar esclarecimentos. Ainda na ação, os militares localizaram uma carabina, que pode ter sido furtada da residência de um médico na última semana

Nesta quinta-feira (3), as polícias Militar e Civil de Cachoeiro, com apoio de militares de todo o sul do Estado, deflagraram operação 'Força Tática', que teve como objetivo coibir o tráfico de drogas e roubos no município. A ação contou com 100 policiais militares, 10 policiais civis e a Cia de Operações com Cães, de Vitória.

Segundo o comandante da 1ª Companhia do 9º Batalhão da Polícia Militar, capitão Nério Filho, que coordenou a operação, foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão. "A Polícia Militar, através do Serviço Reservado, realizou levantamento sobre os alvos durante cinco meses. Em seguida, as informações foram passadas para a Polícia Civil, que deu sequência as investigações e solicitou à Justiça os mandados", explica.

Os alvos foram moradores dos bairros Aquidaban e Ibitiquara. "Durante a ação localizamos maconha e cocaína em porções de vários tamanhos, além de um revólver calibre 38 e uma carabina calibre 44, que pode ter sido furtada da residência de um médico de Cachoeiro, que foi invadida há uns dias", continua Nério.

O capitão ressalta que os alvos são apontados por envolvimento com o tráfico de drogas, roubos, furtos e homicídios ocorridos em Cachoeiro. "O suspeito, apontado como líder da quadrilha, foi detido com o revólver. Ao perceber a chegada da PM, ele jogou a arma pela janela, mas conseguimos recuperá-la. Encaminhados 10 pessoas para a delegacia para prestar esclarecimentos", frisa.

Para Nério, o saldo da ação foi positivo. "Foi positivo por estarmos junto à sociedade, e tirando das ruas quem comete crimes. Além de cumprir nossa missão institucional. Essa ação foi uma resposta aos pedidos de segurança da população", completa o capitão.