• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Assaltante esfaqueia bebê de três meses por mãe não ter celular

  • COMPARTILHE
Polícia

Assaltante esfaqueia bebê de três meses por mãe não ter celular

O caso foi registrado na cidade de Bauru, em São Paulo. Os golpes atingiram o braço da criança

Por ter saído para compras sem o celular, a dona de casa Débora Ricci, de 30 anos, viu seu bebê, uma menina de três meses, ser atingido por uma facada no braço por um assaltante, neste sábado (16), em Bauru, interior de São Paulo. Ela também foi ferida por outro golpe de faca dada pelo ladrão. A mãe e o bebê receberam atendimento médico e passam bem. A mulher contou à Polícia Civil que a intenção do criminoso era golpear o bebê. Na hora, ela conseguiu desviar a criança da direção do golpe e a faca cortou apenas o bracinho dela.

Débora tinha saído para ir a um supermercado próximo de sua casa e caminhava com a filhinha no colo. Na rua Luiz Bagnol, na Vila Antártica, ela foi abordada por dois homens em uma moto. O garupa desceu e a empurrou pedindo o celular e dinheiro. Ela entregou os R$ 50 que levava para as compras, mas disse que não estava com o celular. Em nenhum momento a mulher reagiu, no entanto o bandido a atacou com a faca, cortando seu braço. Quando a dona de casa achou que a dupla iria embora, o garupa, que tinha ido até a moto, retornou e desferiu outro golpe em direção à criança.

Com a reação instintiva da mãe protegendo a filha, o bebê sofreu apenas um corte de quatro centímetros no braço. Sem celular para acionar a polícia, com a criança ferida no colo, a mãe correu até sua casa e pediu ajuda aos familiares. Mãe e filha foram levadas para o Pronto-Socorro Central e receberam pontos nos ferimentos. A mulher descreveu os assaltantes à polícia, mas até a tarde desta segunda-feira (18), os agressores não tinham sido localizados. A Polícia Civil requisitou imagens de câmeras instaladas nas imediações do ataque, na tentativa de identifica os assaltantes.