• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Imagens mostram suspeito de matar dois jovens em Vila Velha

  • COMPARTILHE
Polícia

Imagens mostram suspeito de matar dois jovens em Vila Velha

As famílias pedem ajuda para que a população denuncie e ajude a polícia a encontrar o acusado

As imagens que podem ajudar a identificar o suspeito de assassinar dois jovens no bairro Cocal, em Vila Velha, foram divulgadas pela polícia. Matheus Mauad, de 24 anos, e Fábio Costa, de 23 anos, foram mortos em março deste ano. As famílias das vítimas pedem para quem tenha alguma informação sobre o suspeito que entre em contato com a polícia através do Disque Denúncia 181. 

Através das imagens é possível ver o momento em que um carro chega na rua de trás da academia onde os jovens estavam. O suspeito do crime desceu do veículo sozinho. Após balear as vítimas, ele voltou correndo para o carro e em seguida fugiu do local.

Seis meses após a morte dos jovens o pai de Matheus fez um desabafo, já que até hoje ninguém foi preso. "Cada dia mais que vai passando é uma dor que a gente não consegue tirar. Então, é um apelo que nós fazemos para a população e órgãos competentes ", disse o aposentado Mário Mauad, pai do jovem.

O irmão de Matheus, Thiago Mauad, disse que a morte dos jovens interrompeu os planos e os sonhos que eles tinham para o futuro. "A gente perdeu o Matheus, que era uma pessoa muito querida. Um jovem que iria se formar agora em julho em engenharia de petróleo, fazia parte do grupo de jovens da igreja, ia ficar noivo agora em dezembro. Tinha uma vida inteira pela frente, vários sonhos foram interrompidos", afirmou o irmão.

De acordo com Thiago, as famílias estão indignadas, sem entender o que teria motivado o crime, já que eles nunca tiveram passagens pela polícia e não tinham envolvimento com nada que pudesse justificar as mortes. "Nenhum dos dois tinha envolvimento com nada de errado, com crime, com tráfico, com nada. Duas pessoas boas. É isso que nos deixa ainda mais angustiados, de não ter um motivo", destacou.

A família de Fábio também espera por justiça e que o responsável seja preso. A Polícia Civil informou que o caso segue sob investigação da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Vila Velha e que ainda não vai passar nenhuma informação para não atrapalhar o trabalho da polícia. 

Confira o flagra na matéria do Balanço Geral: