• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

"A menos provável é latrocínio", diz delegado sobre caso de mulher encontrada morta em porta malas

  • COMPARTILHE
Polícia

"A menos provável é latrocínio", diz delegado sobre caso de mulher encontrada morta em porta malas

O caso já é investigado pela Delegacia de Vargem Alta, que não descarta nenhuma linha de investigação. Valdineia Rebonato desapareceu por volta de 0h30 do último domingo (22), e o corpo foi encontrado pela manhã pelo marido da vítima

A Polícia Civil de Vargem Alta já investiga o assassinato da auxiliar de serviços gerais Valdineia Rebonato, de 41 anos, encontrada morta no porta malas de seu veículo, na manhã do último domingo (22), em uma estrada que dá acesso a Arroio das Pedras, na localidade de Virgina Nova, zona rural de Rio Novo do Sul. O caso chocou os moradores do distrito de Jaciguá, onde ela residia.

De acordo com o delegado Vladson Bezerra, responsável pelo caso, nenhuma linha de investigação foi descartada pela polícia. “A menos provável é latrocínio”, comenta ele, sem revelar detalhes sobre o caso. Ainda, segundo o delegado, a vítima foi morta com cerca de três a quatro golpes de faca. Por enquanto, informações sobre o crime não serão divulgados para não atrapalhar as investigações.

Valdineia trabalhava em um restaurante da região. Ela saiu do serviço por volta de 0h30 e seguiu para sua residência em seu veículo, um Hyundai HB20, de cor prata. Como demorou chegar, os familiares ficaram preocupados e chegaram a pedir ajuda nas redes sociais para encontrá-la.

No quintal da residência, além de pegadas, foi encontrada a bolsa da vítima com todos os pertences pessoais. A Polícia Militar foi acionada e realizou buscas pela região. Por volta da 8h do mesmo dia, o marido encontrou o veículo abandonado em uma estrada, na zona rural de Rio Novo do Sul. O corpo de Valdineia estava todo ensanguentado no porta malas do veículo.