• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dono de boate tenta subornar PM após ter arma apreendida e é preso em Cariacica

  • COMPARTILHE
Polícia

Dono de boate tenta subornar PM após ter arma apreendida e é preso em Cariacica

Outras duas armas formas apreendidas com clientes, que pagaram fiança e foram liberados

A noite dessa quinta-feira (19) terminou em confusão em uma boate do bairro Rio Branco, em Cariacica. Um revólver e duas pistolas foram apreendidos pela polícia. Clientes que estavam no local e o dono do estabelecimento foram encaminhados para a delegacia. Um dos detidos ainda teria tentado subornar os militares que atenderam a ocorrência.

O revólver calibre 38 e uma das pistolas foram encontrados com homens que estavam em um carro, no estacionamento do estabelecimento. A outra arma estava com o proprietário do local, identificado como Cláudio Cerlon Freitas, 42 anos. A polícia chegou até o armamento após a informação de que o estabelecimento estaria sendo assaltado, mas durante as investigações, os militares descobriram que se tratava de uma briga.

Segundo a polícia, uma confusão aconteceu no interior da boate. O proprietário se desentendeu com um cliente. Os dois estavam armados. Uma funcionária viu quando o cliente apontou a arma para o porteiro e imaginou que se tratava de um assalto. Como o estabelecimento fica às margens da BR 262, próximo ao DPJ de Cariacica, a funcionária foi até o local para pedir ajuda.

Após ouvir as testemunhas, a polícia constatou que não havia roubo. O dono da boate e os clientes não possuíam permissão para estarem armados e todos foram levados para a Delegacia Regional de Cariacica, onde os dois clientes tiveram as armas apreendidas, pagaram fiança e foram liberados.

Já o dono da boate afirmou, em depoimento, que possuía a pistola por segurança, mas no momento da confusão, teria resistido à prisão e oferecido dinheiro aos policiais. Ele foi autuado por porte ilegal de armas, resistência e suborno.

Na manhã desta sexta-feira (20), Claudio foi levado para o Centro de Detenção Provisória de Viana. As armas na boate não foram as únicas apreendidas em Cariacica. Em um período de 12 horas, foram quatro armas retiradas de circulação.