• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Em bilhete, suspeito de morte de mulher em Vargem Alta nega ter cometido o crime

  • COMPARTILHE
Polícia

Em bilhete, suspeito de morte de mulher em Vargem Alta nega ter cometido o crime

A Perícia no veículo aponta que outras duas pessoas, além da vítima e do marido, também estavam no veículo. A Polícia Civil trabalha para identificar se há, de fato, outras pessoas envolvidas no assassinato

Encontrado morto na varanda de sua residência no distrito de Jaciguá, no interior de Vargem Alta, o marido de Valdineia Rebonato, Norival Roberto, de 45 anos, deixou três bilhetes destinados aos familiares. Em um deles, divulgado pela polícia, Norival afirma que não cometeu o crime e insinua a participação de outra pessoa.

Ele é o principal suspeito do assassinato da mulher, encontrada morta no porta malas de seu veículo na manhã do último domingo (22), na zona rural de Rio Novo do Sul.

Segundo o delegado Vladson Bezerra, responsável pelo caso, a preocupação de Norival com as investigações do caso levantaram suspeitas. “A perícia aponta que estavam quatro pessoas no veículo e acreditamos que há mais pessoas envolvidas. O celular da vítima foi apreendido, mas todas as mensagens e ligações foram apagadas, e vamos continuar investigando o caso”, afirma.

O delegado disse ainda que dificilmente o caso será concluído em 30 dias. “Temos que aguardar os laudos, que demoram bastante. Vamos analisar imagens de câmeras de segurança na região, para tentar identificar outros envolvidos e até como se deu o crime. Vamos continuar ouvindo as testemunhas, mas acredito que a conclusão do inquérito será prorrogada”, completa.

O caso é investigado como feminicídio e a polícia aponta que o crime foi motivado por ciúmes.