• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Homem é imobilizado e morto por policial militar em Guarulhos

  • COMPARTILHE
Polícia

Homem é imobilizado e morto por policial militar em Guarulhos

O policial está ajoelhado ao lado corpo de Wanderson que está deitado na calçada. O PM faz força para segurar os braços do rapaz que se debate. Um outro homem de camisa verde ajuda o policial a conter o jovem

O corpo de Wanderson Sousa, que morreu nesta quarta-feira (18) ao ser atingido por um tiro enquanto era imobilizado no chão por um policial militar, em Guarulhos, foi encaminhado para o Instituto Médico Legal da zona leste.

Segundo Daniele Alves Pires, a morte do marido ainda é um mistério. No 4º distrito policial de Guarulhos, onde o boletim de ocorrência foi registrado, a polícia forneceu poucos detalhes do crime para a família. Daniele disse que o delegado informou apenas que Wanderson Sousa reagiu a uma abordagem de um policial militar e durante a briga recebeu um tiro no peito.

O policial está ajoelhado ao lado corpo de Wanderson que está deitado na calçada. O PM faz força para segurar os braços do rapaz que se debate. Um outro homem de camisa verde ajuda o policial a conter o jovem. Em seguida se ouve um estampido. O PM se levanta com a arma na mão e o homem de camisa verde também se ergue e entra em uma pick-up que estava estacionada ao lado da cena do crime.

O policial então caminha até o meio da rua. Wanderson Sousa, gemendo, consegue ficar de pé e atravessa a rua cambaleando, quando cai no meio fio, aparentemente já sem vida. O resgate foi chamado, mas Wanderson Sousa chegou morto ao hospital Santa Marcelina, no Itaim Paulista.

Para a mulher de Wanderson, o vídeo deixa claro que o marido foi executado quando estava imobilizado no chão pelo PM e o outro homem.

De acordo com a comunicação social da PM, Wanderson teria roubado um veículo e feito o proprietário refém por volta das 10h20. Durante uma perseguição policial, atropelou uma pessoa que dirigia uma moto e, após o acidente, trocou tiros com policiais, quando foi baleado. Foi socorrido ao Santa Marcelina, onde não resistiu aos ferimentos.

O 44° Batalhão da PM confirmou que policiais da Força Tática estavam em uma ocorrência na rua Antônio Tatsukiko Babá na manhã de ontem e o caso foi registrado no 4º DP de Guarulhos.

Outro Lado

O boletim de ocorrência do óbito, registrado no 50º distrito policial do Itaim Paulista, consta que Wanderson Sousa Santos, de 23 anos, foi morto por resistência. O documento cita que o jovem foi socorrido ao Hospital Santa Marcelina do Itaim Paulista, onde não resistiu aos ferimentos e morreu. Após a constatação da morte, foi solicitado carro de cadáver para encaminhar o corpo de Wanderson ao Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia Militar se pronunciou por meio de nota: "em nome da transparência que lhe é peculiar, que o respectivo pedido de informação da Rede Record não oferece tempo hábil para o devido levantamento acerca do fato noticiado. Em respeito ao telespectador da Rede Record, encaminharemos a demanda à Corregedoria PM, e responderemos, dentro da razoabilidade, assim que dispusermos dos dados a respeito."

Com informações do Portal R7.