• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Prorrogada por um mês a prisão dos acusados de matar meninas

  • COMPARTILHE
Polícia

Prorrogada por um mês a prisão dos acusados de matar meninas

Ainda não há informações se Heni de Oliveira, acusado de ser um dos torturadores dos dois acusados, se ele terá a prisão prorrogada ou não. Todos estão na carceragem do 77ºDP

A Secretaria de Segurança Pública informou que foi prorrogada por mais 30 dias a prisão temporária de Marcelo Pereira de Souza e Everaldo de Jesus Santos, os dois são acusados de matar as crianças Adrielly Mel Porto e Beatriz Moreira dos Santos.

Ainda não há informações se Heni de Oliveira, acusado de ser um dos torturadores dos dois acusados, se ele terá a prisão prorrogada ou não. Todos estão na carceragem do 77ºDP.

Não há informções sobre o resultado dos laudos periciais, segundo a Secretaria de Segurança Pública.

O Caso:

As meninas Adrielly Mel Porto, de 3 anos e 8 meses, e Beatriz Moreira dos Santos, de 3 anos e 11 meses, foram encontradas mortas dentro de um carro no dia 12 de outubro, na Rua Luiz do Couto, em São Miguel Paulista, zona leste da cidade. Elas estavam desaparecidas desde 24 de setembro, da comunidade Jardim Lapena, na zona leste de São Paulo.

Fotos do carro dentro do terreno, onde elas form encontradas, mostram dois pedaços de madeira que bloqueavam por fora as portas do furgão. De acordo com a polícia, uma embalagem fechada de preservativo foi encontrada ao lado dos corpos das vítimas. As digitais nas janelas e vidros do veículos foram colhidas e serão analisadas pela perícia.

A polícia aguarda a conclusão dos exames para orientar a investigação. O caso é investigado pelo DHPP.