• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Suspeitos de espancar enfermeira em Nova Venécia se apresentam à polícia, mas são liberados

  • COMPARTILHE
Polícia

Suspeitos de espancar enfermeira em Nova Venécia se apresentam à polícia, mas são liberados

Dois suspeitos estiveram na delegacia do município, no final da manhã desta segunda-feira, acompanhados de advogados, e prestaram depoimento

Dois suspeitos de agredir a enfermeira Géssica de Sá Soto, de 26 anos, na madrugada do último domingo (15), se apresentaram, nesta segunda-feira (16), na Delegacia de Nova Venécia, no noroeste do Estado. No entanto, nenhum deles foi preso, já que não havia flagrante nem mandado de prisão contra eles.

Segundo a Polícia Civil, os dois procuraram a delegacia, no final da manhã, acompanhados de seus respectivos advogados. Eles prestaram depoimento e, em seguida, foram liberados.

A polícia não divulgou detalhes sobre os depoimentos dos suspeitos nem mais informações sobre as investigações para não atrapalhar o seu andamento. A investigação está sendo conduzida pelo titular da DP de Nova Venécia, delegado Libero Penelo.

Ainda segundo a Polícia Civil, o terceiro suspeito de participar da agressão contra a enfermeira se apresentou, no domingo, na delegacia de São Mateus, onde também prestou depoimento e depois foi liberado.

Géssica continua internada no Hospital Roberto Silvares, em São Mateus. Segundo familiares, ela teve o maxilar quebrado, perdeu sete dentes e teve o rosto desfigurado após a agressão. Ainda de acordo com parentes, Géssica não consegue se alimentar direito, falar e está bastante abalada com a situação.

A jovem foi espancada por três homens durante uma confraternização de um time de futebol de Nova Venécia. Ela teria tentado separar a briga de uma amiga com uma outra mulher, namorada de um dos agressores, e foi agredida no momento em que saía da festa. Géssica foi socorrida por amigas que também estavam no evento e foi levada para o hospital.