• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Galpão de desmanche de carros é fechado e homem é preso em Cariacica

  • COMPARTILHE
Polícia

Galpão de desmanche de carros é fechado e homem é preso em Cariacica

De acordo com o delegado Érico Mangaravite, pelo menos outras três pessoas que não se encontravam no local estão envolvidas pelo mesmo crime e serão indiciadas

Um galpão que era utilizado para desmanche de carros foi encontrado e fechado pela polícia na última sexta-feira (3), no bairro Rosa da Penha, no município de Cariacica. Um homem que vigiava o material foi preso em flagrante.

Equipes da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), coordenadas pelos delegados Érico Mangaravite e Ricardo Toledo, que identificaram o galpão utilizado para desmontagem irregular e posterior comercialização de peças de veículos roubados.

No local, foi preso um homem de 27 anos, que dormia no local e, em troca de R$ 50 por dia, ajudava a embalar o material que seria vendido, além de vigiar os produtos roubados. Silvio foi preso em flagrante e autuado pelo crime de receptação qualificada, uma vez que ocultava, em proveito alheio, produto de crime destinado à comercialização clandestina.

No estabelecimento, foram encontrados quatro veículos inteiros, três carcaças de veículos que já haviam sido completamente depenados, além de diversas partes e peças de automóveis: pelo 23 de carros diversos, além de motores, portas, porta-malas, bancos, painéis, entre outros componentes.

Há indícios de que mais de trinta carros tenham passado pelo galpão. Boa parte do material já estava embalada em plástico protetor, indicando assim que haveria a sua futura comercialização.

As investigações, que se iniciaram há aproximadamente 30 dias, irão continuar com o objetivo de identificar os responsáveis pelos roubos, bem como os destinatários finais do material de origem ilícita.

Os veículos e peças recuperados passarão por vistorias e perícias e serão restituídos às vítimas na próxima semana.

Operação Laika

O nome da operação é uma homenagem à cadela russa Laika, uma vira-lata que, há exatos sessenta anos, se tornou o primeiro animal a orbitar em torno da Terra, a bordo da espaçonave soviética Sputnik 2, lançada ao espaço em 03 de novembro de 1957.