• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Preso suspeito de falsificar bebidas alcoólicas em laboratório clandestino em Viana

  • COMPARTILHE
Polícia

Preso suspeito de falsificar bebidas alcoólicas em laboratório clandestino em Viana

No laboratório, a polícia encontrou garrafas vazias e produtos para falsificação das bebidas

Foto: Reprodução/TV Vitória

Magno José de Oliveira foi preso nessa terça-feira (21), dia em que completou 30 anos, portando diversas bebidas alcóolicas, como Whisky, Tequila e Vodka, todas importadas. Os produtos, no entanto, não faziam parte da comemoração do aniversário. Apesar das caixas e lacre, tudo era falsificado.

A prisão foi realizada pela equipe da Delegacia de Defraudações e Falsificações. De acordo com a delegada Rhaiana Bremenkamp, o suspeito negou a venda, mas confessou a falsificação. "Ele assumiu que falsificava para beber com amigos, que achava bonito, mas eles sabiam que eram falsas. Depois ele confessou que mexia com isso há alguns anos, mas havia parado por já ter sido pego pela polícia", disse.

Mesmo negando as vendas, conversas encontradas no Whatsapp de Magno mostram negociações com possíveis compradores. De acordo com a delegada, se trata de vendas de caixas das bebidas para o fim de semana.

No laboratório de falsificação, que ficava em Nova Bethania, em Viana, a polícia encontrou várias garrafas com rótulos de bebidas variadas e famosas. Todas armazenadas em condições precárias de higiene. "Além dos frascos vazios, a gente encontrou essências para dar cor e guaraná", contou a delegada.

Segundo a polícia, as bebidas eram vendidas por valores bem mais baixos do que os encontrados no mercado e poderiam ser compradas pela internet. A equipe da delegacia chegou ao suspeito depois de uma denúncia anônima.

A delegada alerta que, principalmente neste período de festas, a população deve ficar sempre em alerta, desconfiar de preços muito baixos e avaliar a procedência do produto. "A gente orienta que quem compra na internet precisa tomar cuidado com o preço barato, mesmo afirmando que é original, pode ser falsa e prejudicar a saúde", orienta.

Confira o vídeo da matéria: