• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Dois dias após assassinato de ex-vereador, clima em Santa Leopoldina é de comoção

  • COMPARTILHE
Polícia

Dois dias após assassinato de ex-vereador, clima em Santa Leopoldina é de comoção

Na cidade, as mortes eram o assunto da manhã desta quarta-feira. As casas onde moraram as vítimas permaneciam fechadas

A residência do caseiro também permanecia fechada na manhã desta quarta-feira | Foto: TV Vitória

Dois dias após o assassinato do ex-vereador de Vitória, Antônio José Denadai, 60 anos, ocorrido em Santa Leopoldina, a casa onde tudo aconteceu permanece fechada. Na cidade, localizada na região Serrana do Espírito Santo, o clima era de comoção, na manhã desta quarta-feira (27), e o principal assunto das rodas de conversa.

De acordo com a polícia, o autor do crime, o caseiro Alessandro dos Santos Rodrigues, 35 anos, era um homem considerado amigo da vítima e também foi morto por outra pessoa. A casa onde ele vivia também permaneceu fechada. A equipe de reportagem da Rede Vitória tentou falar com algum familiar, mas não encontrou ninguém.

Segundo a família de Antônio Denadai, o ex-vereador e o caseiro se conheciam há anos e se davam muito bem. Amigos afirmaram que o vereador e Alessandro trabalhavam juntos há cinco anos. Discutiam às vezes, mas eram brigas corriqueiras.

A Polícia Civil informou que atrasos nos pagamentos estariam provocando desavenças entre os dois. Nesta segunda-feira (25), Alessandro recebeu a família em casa e comemorava o Natal. A festa foi realizada na residência onde morava, em uma propriedade que fica anexa à de Antônio. O ex-vereador teria reclamado do barulho da comemoração e os dois brigaram. Minutos depois o caseiro foi a casa do patrão e já chegou deferindo os golpes de faca.

A esposa da vítima estava no local e viu toda a cena. Muito abalada, ela preferiu não falar com a imprensa, mas um amigo da família contou que ela disse que ao ver o marido ferido, foi pedir ajuda para um vizinho, um proprietário de um chácara na região. O homem foi até o local armado, discutiu com Alessandro e disparou três tiros contra o caseiro, que morreu na hora.

Vendo Alessandro sem vida, o vizinho fugiu. Até o momento, ele não foi localizado. Antônio José Denadai também morreu antes do socorro médico chegar. O velório e sepultamento aconteceram na tarde desta terça-feira (26), na presença de familiares e amigos. O caso segue investigado pela Delegacia de Crimes Contra a Vida de Vitória.