• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ex-marido suspeito de espancar grávida em Vila Velha continua preso

  • COMPARTILHE
Polícia

Ex-marido suspeito de espancar grávida em Vila Velha continua preso

Ela foi levar o exame de gravidez para o suspeito, que rasgou a ultrassonografia

A vítima foi levar o exame para o ex-companheiro

Vai continuar detido o suspeito de espancar a ex-mulher em Vila Velha no, último dia 7. Na audiência de custódia, a juíza Valeska Mesquita Pessotti Bassetti entendeu que ele oferece risco à vida da vítima, e a prisão em flagrante foi convertida para preventiva. 

O homem de 32 anos foi preso por espancar a ex-esposa, que estava grávida. Ela perdeu o bebê por conta das agressões que sofreu, de acordo com relatos dela e da família.

O casal estava separado havia cinco meses. A jovem, de 20 anos, procurou o suspeito para contar sobre a gravidez. Foi nesse momento que a agressão aconteceu. A mãe da jovem foi ameaçada pelo rapaz, segundo a ocorrência registrada na delegacia da mulher.

O caso foi na última quinta-feira (7) dentro da oficina que pertence ao suspeito. 

Uma mulher, grávida de três meses, perdeu a criança após ser agredida pelo ex-companheiro. O crime aconteceu no dia 7, em Vila Velha. A vítima, uma dona de casa de 20 anos, tinha a esperança de que a gestação poderia reaproximar o casal. Por isso, no dia do crime ela procurou o companheiro com a ultrassonografia, mas a recepção não foi a que ela esperava.

A exaltação ultrapassou o limite da discussão e acabou virando agressão física. "Ele me empurrou, me pegou pelos cabelos, me deu chute na perna, machucou as minhas costelas e quando eu caí no chão ele pisou nas minhas costas", contou a mulher.

Sozinha e sem conseguir ajuda, a mulher ligou para a polícia. A PM chegou, mas o suspeito permanecia alterado. De acordo com ela, não queria que a ocorrência fosse registrada. 

O homem foi ouvido, autuado e levado para o Centro de Triagem de Viana.