• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar Thayná

  • COMPARTILHE
Polícia

Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar Thayná

Dessa forma, Ademir Lúcio de Araújo Ferreira permanecerá preso por tempo indeterminado. Antes, a previsão é de que ele saísse da cadeia no dia 12

Ademir Lúcio foi preso pela polícia de Porto Alegre, no último dia 13 de novembro

A Justiça decretou a prisão preventiva de Ademir Lúcio de Araújo Ferreira, de 55 anos, suspeito de sequestrar, estuprar e assassinar a estudante Thayná Andressa de Jesus, de 12 anos. 

A decisão, no entanto, é referente a um outro processo ao qual Ademir responde. Ele é suspeito de abusar sexualmente de uma menina de 11 anos, também em Viana, três dias antes de sequestrar Thayná.

De acordo com o titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), delegado Lorenzo Pazolini, responsável pela investigação do estupro da menina de 11 anos, Ademir agora ficará preso por tempo indeterminado. 

Antes disso, ele cumpria prisão temporária e a previsão era de que ela expirasse no próximo dia 12. Ademir está preso desde o dia 13 de novembro, quando foi encontrado no centro de Porto Alegre (RS). Segundo a Secretaria de Estado de Justiça (Sejus), ele está na Penitenciária Estadual de Vila Velha, no Complexo de Xuri.

Liberação do corpo

No início da tarde desta terça-feira (05), a mãe de Thayná, Clemilda Aparecida de Jesus, esteve no Departamento Médico Legal (DML) de Vitória para fazer a liberação dos restos mortais da filha. Ela foi ao local acompanhada de parentes e, ainda muito abalada, conversou com jornalistas.

Antes de ir ao DML, Clemilda passou na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) onde pegou o documento relacionado à liberação da ossada e conversou com delegado José Lopes, que está à frente da investigação do caso. 

Do Departamento Médico Legal, os familiares de Thayná seguiram para o bairro Flexal II, em Cariacica, onde será realizado o velório da menina. O enterro, de acordo com a família, será realizado no cemitério do bairro Aparecida, no mesmo município.