• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Justiça Federal decreta prisão preventiva de presidente da Desportiva

  • COMPARTILHE
Polícia

Justiça Federal decreta prisão preventiva de presidente da Desportiva

Segundo o advogado de Edney José da Costa, a decisão ocorreu antes mesmo da audiência de custódia, que seria realizada nesta sexta-feira

Juiz federal converteu a prisão em flagrante de Edney em prisão preventiva

A Justiça Federal decretou a prisão preventiva do presidente eleito da Desportiva Ferroviária, Edney José da Costa, e dos outros seis presos pela Polícia Federal, na última quarta-feira (06), durante uma operação contra o tráfico de drogas

A decisão é do juiz da 1ª Vara Federal Criminal, Marcus Vinícius Figueiredo de Oliveira Costa. Com isso, Edney deverá permanecer preso por tempo indeterminado.

Segundo o advogado de Edney, Raphael Loureiro, a decisão foi divulgada durante a audiência de custódia dos sete detidos. Com isso, de acordo com o advogado, a juíza que presidiria a audiência ficou impossibilitada de analisar o pedido de liberdade, já que a prisão preventiva havia sido decreta anteriormente.

Leia também:

>> Após prisão de presidente, Desportiva Ferroviária suspende treinamentos e libera elenco

Ainda segundo Loureiro, o pedido de liberdade agora só poderá ser analisado pelo juiz da 1ª Vara Federal Criminal, o que poderá acontecer na próxima segunda-feira (11).

Durante a operação que resultou na prisão de Edney, a Polícia Federal apreendeu mais de 240 kg de cocaína, nas proximidades dos bairros Cobilândia e Rio Marinho, em Vila Velha. 

Segundo a PF, a droga estava pronta para ser encaminhada ao porto de Vila Velha e estava alojada dentro de um contêiner, misturada a uma carga de milho.