• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Presos irmãos suspeitos de matar comerciante dentro de bar na Serra

  • COMPARTILHE
Polícia

Presos irmãos suspeitos de matar comerciante dentro de bar na Serra

Segundo a polícia, João Corrente, de 69 anos, foi morto por vingança. O crime aconteceu no dia 19 de setembro, no bairro São Diogo

Bruno e Jamilson foram presos por policiais da DCCV da Serra, na zona rural do município

Os irmãos Bruno da Silva Ribeiro, de 25 anos, e Jamilson da Silva Ribeiro, de 19, foram presos, na última quinta-feira (14), suspeitos de serem os executores do assassinato do comerciante João Corrente, de 69 anos. O crime aconteceu no dia 19 de setembro, no bairro São Diogo, na Serra. Segundo as investigações, a vítima foi morta por vingança.

Os dois suspeitos estavam escondidos em uma casa, localizada em um morro em uma região de mata, na zona rural do bairro Campinho II, no mesmo município.

Segundo as investigações da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) da Serra, os irmãos foram contratados por Fidelcino Gomes Ramos, de 28 anos, que está foragido, para vingar a morte do sobrinho, Paulo Henrique Gomes dos Santos, de 25 anos. 

Fidelcino Ramos é apontado pela polícia como o mandante do crime e está foragido

De acordo com o titular da DCCV da Serra, delegado Rodrigo Sandi Mori, João Corrente não tinha envolvimento com crimes, mas era pai de Gleidson Corrente, que já havia sido preso por tráfico de drogas.

"O João Corrente era uma pessoa de bem, de caráter, conduta ilibada, nunca se envolveu com nada de errado e foi morto covardemente por mais de 20 disparos de arma de fogo apenas por ser pai de um indivíduo que se encontra preso, cumprindo pena por tráfico", ressaltou Sandi Mori.

Ainda segundo o delegado, Natanael Frank da Silva, de 17 anos, foi morto no mesmo dia e na mesma região que o comerciante. Todas as mortes, segundo as investigações, foram motivadas pelo domínio do tráfico na região.

"No dia 19 de setembro ocorreram três homicídios motivados pela disputa do tráfico entre os bairros Jardim Limoeiro e São Diogo. Na manhã do dia 19, traficantes de Jardim Limoeiro foram até São Diogo e executaram um. Como forma de represália, os traficantes de São Diogo vieram até o bairro Jardim Limoeiro e executaram o dono da oficina de bicicleta. O tio do dono da oficina de bicicleta, que se encontra foragido, contratou os dois rapazes que foram presos ontem, levou eles até o bairro São Diogo e pararam próximo ao bar do comerciante. Depois da execução, os dois fugiram no veículo do tio do dono da oficina de bicicleta", disse o delegado.

Quem tiver qualquer informação que possa ajudar a polícia a chegar até Fidelcino Gomes Ramos deve entrar em contato com o disque-denúncia, pelo telefone 181. Não é preciso se identificar.