• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Capixaba é assassinada por vizinha após perguntar sobre choro de bebê

  • COMPARTILHE
Polícia

Capixaba é assassinada por vizinha após perguntar sobre choro de bebê

Ludmilla possuía família e amigos em Mimoso do Sul, município do Espírito Santo, mas morava há muitos anos em Belo Horizonte

Ludmilla morava em Minas Gerais

A síndica de um prédio, na região Oeste da capital mineira, foi assassinada por uma vizinha com golpes de faca. O crime ocorreu na última segunda-feira (25), noite de Natal.

De acordo com a Polícia Militar (PM), após ouvir o choro constante do bebê, e conversar com outros vizinhos por meio de rede social sobre a situação, a capixaba Ludmilla Rivas da Silva, de 37 anos, teria ido falar com a vizinha.

Ao abrir a porta do apartamento, Rayanne Maia Marques, de 27 anos, golpeou Ludmilla no pescoço com uma faca.

Ela foi levada pelos militares em estado grave para o Hospital de Pronto Socorro João 23, mas não resistiu ao ferimento. A vítima morava no prédio com o marido e dois filhos, um deles de apenas um mês de vida.

Rayanne foi presa em flagrante. O Conselho Tutelar foi acionado para ficar com o filho de dois anos da autora, uma vez que não tinha nenhum responsável pela criança no local, com a prisão da mãe.

Ludmilla possuía família e amigos em Mimoso do Sul, município do Espírito Santo, mas morava há muitos anos em Belo Horizonte. O corpo está sendo velado na Igreja Presbiteriana de Mimoso, onde os pais dela residem, e o sepultamento será às 11h desta quarta-feira (27).