• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

​Suspeita de furto em joalheria responde pelo mesmo crime em outros estados

  • COMPARTILHE
Polícia

​Suspeita de furto em joalheria responde pelo mesmo crime em outros estados

Um retrato falado da suspeita foi divulgado na última segunda-feira

A mulher suspeita de furtar cordões em uma joalheria de um shopping em Vila Velha responde por furto em outros estados. O caso foi encaminhado para a Delegacia Patrimonial. A Polícia Civil continua a procura de Adriana Aparecida Shueko Yamanoto, de 45 anos.

O retrato falado da acusada foi divulgado na última segunda-feira (18). De acordo com levantamento feito pela produção da TV Vitória, a suspeita tem envolvimento em crimes semelhantes em outros estados.

É o que consta na página do JusBrasil. De acordo com o site, em julho de 2016, Adriana teve um auto de prisão em flagrante por furto qualificado. Meses depois teve o relaxamento de prisão e voltou a praticar crimes. Adriana furtou joalherias em pelo menos outros dois estados, Minas Gerais e Brasília.

Em Vila Velha, o caso aconteceu na semana passada, quando Adriana entrou em uma joalheria de um shopping. Ela entra no local falando que queria comprar cordões. O vendedor conversou com ela e em um determinado momento Adriana o distraiu e colocou dois cordões dentro da camisa. Ela diz que queria pingentes para colocar nos cordões. Foi então que o vendedor saiu.

Ela então pegou o telefone e saiu da loja. O vendedor então se deu conta que teve os cordões roubados quando foi contar os produtos. O prejuízo foi de R$ 36 mil. Qualquer informação que leve a polícia até Adriana pode ser passada pelo disque denúncia 181.

Confira o vídeo da matéria: