• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Homem é morto a pedradas a caminho do trabalho na Serra

  • COMPARTILHE
Polícia

Homem é morto a pedradas a caminho do trabalho na Serra

O crime aconteceu em frente a residência onde a vítima morava

Um homem foi morto a pedradas quando seguia para o trabalho, na manhã desta sexta-feira (19), no bairro Vila Nova de Colares, na Serra. A vítima foi identificada como Márcio Jerônimo da Silva, de 31 anos. Uma garrafa de vidro também teria sido usada para assassinar o auxiliar de serviços gerais.

Márcio foi morto praticamente em frente à casa onde morava. Ninguém soube dizer como o suspeito agiu. O que chamou a atenção da vizinhança foi que moradores não ouviram nenhum grito de socorro da vítima.

“Não ouvi nenhum grito da vítima. Só ouvi a hora que um rapaz chamou no portão falando que ele estava morto”, contou um vizinho.

Uma viatura da polícia militar teve que fechar a rua enquanto policiais civis realizavam a perícia no local. Muitos curiosos se aglomeraram para acompanhar o trabalho da polícia. Márcio morava sozinho. Quem o conhecia afirma que o homem era uma pessoa muito tranquila.

“Antigamente ele usava drogas, mas depois ele parou. Quando ele veio da Bahia ele usava, mas depois ele parou. Eu acho que isso não foi a causa”, disse o vizinho.

O auxiliar de serviços gerais, nas horas vagas, era pintor de quadros. Ele estava com um problema de saúde. A ex-mulher de Márcio contou que o homem mandou mensagens para ela na noite de quinta-feira, afirmando que tinha pouco tempo de vida, e se despediu da mulher como se nunca mais fosse encontrá-la. A família do auxiliar é da Bahia e a namorada dele está grávida.

A polícia civil informou que o caso está sob investigação. A motivação e a autoria ainda são desconhecidas. Segundo o Departamento Médico Legal (DML), o corpo ainda não foi reconhecido por familiares.