• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cármen Lúcia: Corrupção é inaceitável, qualquer que seja sua forma

  • COMPARTILHE
Política

Cármen Lúcia: Corrupção é inaceitável, qualquer que seja sua forma

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse nesta quinta-feira, 8, durante a cerimônia de lançamento do 15º Prêmio Innovare, que a ética não é uma escolha, mas, sim, uma forma de viver solidária, "coerente com os valores do bem por todas as pessoas", e que a corrupção é algo "inaceitável".

O combate à corrupção é o mote da edição deste ano do prêmio e, de acordo com Cármen, tema central no Brasil e no mundo. "Corrupção é inaceitável, qualquer que seja sua forma. Não há justiça por corrupção, porque a corrupção é uma forma de prática de injustiça que nenhum cidadão aceita", afirmou.

Além de Cármen, participaram do evento a procuradora-geral da República, Raquel Dodge; a presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz, os ministros Dias Toffoli e Luís Roberto Barroso, do Supremo, e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia.

Ao abrir a cerimônia, Laurita afirmou que, "em tempo de restrições orçamentárias, há necessidade de soluções criativas". "O cidadão de bem neste país está se sentindo afrontado com essa sequência de revelações de casos de corrupção na sociedade."

O prêmio

O Prêmio Innovare tem como objetivo identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil. Participam das Comissão Julgadora do Innovare ministros do STF e do STJ, desembargadores, promotores, juízes, defensores, advogados e outros profissionais de destaque interessados em contribuir para o desenvolvimento do nosso Poder Judiciário.