• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Flexibilização de horário da 'Voz do Brasil' favorece programação regional nas rádios

  • COMPARTILHE
Política

Flexibilização de horário da 'Voz do Brasil' favorece programação regional nas rádios

O horário atualmente obrigatório pode ser melhor aproveitado para que o ouvinte seja informado com as notícias da região onde está

O programa é exibido de segunda a sexta-feira, às 19 horas | Foto: Divulgação

A flexibilização dos horários do programa de rádio "A Voz do Brasil", aprovada nesta terça-feira (13), na Câmara dos Deputados, foi comemorada pelas associações e sindicatos das empresas radiodifusoras. A possibilidade da transmissão ser realizada um pouco mais tarde pode favorecer, entre outros pontos, a programação regional das emissoras.

Para o presidente do Sindicato das Empresas de Rádio e TV do Espírito Santo (Sertes), Fernando Machado, a flexibilização vai permitir que haja mais informação regional para o ouvinte no horário das 19 horas, quando, atualmente, o programa é exibido . "[O rádio] é um setor que ganha relevância e importância ainda maior neste momento, porque é a hora que o pessoal está no trânsito, estão em seus automóveis e precisam receber informação regionalizada. É o fenômeno do regional se sobrepondo ao nacional", afirmou.

O presidente do Sertes também lembrou que a luta contra a obrigatoriedade do horário de exibição do programa já dura 15 anos. Ele também explicou que, pela decisão, as emissoras podem optar pela transmissão nos horários de 19h, 20h ou 21 horas, desde que haja duração ininterrupta de uma hora. "Não é o ideal, mas é o possível. O ideal seria acabar definitivamente com a Voz do Brasil no setor rádio", disse.

Atualmente, todas as emissoras de rádio são obrigadas a interromper sua programação a partir das 19 horas para transmitir o noticiário. Em votação simbólica, os deputados aprovaram o projeto de lei (PL 595/03) que permite a flexibilização do horário. O projeto segue agora para a sanção do presidente da República. As rádios que optarem pela mudança deverão informar, obrigatoriamente, às 19h, o novo horário de transmissão.

Para o presidente da Associação Brasileira das Empresas de Rádio e Televisão, Paulo Tonet Camargo, a decisão representa uma das maiores vitórias da radiodifusão dos últimos anos. "É um momento histórico. Depois de tanto tempo, os parlamentares entenderam que todos vão ganhar com a flexibilização do programa: a rádio poderá adequar a sua transmissão de acordo com a programação e o cidadão brasileiro poderá ouvir a Voz do Brasil em diferentes horários”, disse.

Em mensagem enviada ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, o presidente da Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel), Márcio Novaes, também destacou a importância da decisão para emissoras e ouvintes. “Este é um momento muito importante para todos nós. É uma vitória histórica que beneficiará todos dos cidadãos brasileiros. Prova de que prevaleceu o bom senso”, afirmou.

A Voz do Brasil

A Voz do Brasil é o programa de rádio mais antigo em execução no Brasil. Embora tenha recebido este nome apenas em 1962, estreou como “Programa Nacional” em 1935. Com duração de 60 minutos, o programa é transmitido por todas as emissoras de rádio abertas do País de segunda a sexta-feira.

Com informações da Abert e Agência Estado.