• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Luiz Marinho é oficializado como candidato petista ao Estado

  • COMPARTILHE
Política

Luiz Marinho é oficializado como candidato petista ao Estado

Marinho falou da "defesa intransigente de Lula livre" e convocou a militância a protestar no dia 3 de abril


Em clima de defesa do ex-presidente Lula, o diretório estadual do PT em São Paulo definiu sua chapa paulista para as eleições. O ex-prefeito de São Bernardo do Campo e presidente estadual do PT, Luiz Marinho, se firmou como pré-candidato petista ao governo ao derrotar o ex-prefeito de Guarulhos Elói Pietá por 660 votos (79%) contra 175 (21%). O quórum foi menor do que os de 1.200 delegados esperados inicialmente.

O vereador Eduardo Suplicy foi aclamado candidato a uma das duas vagas do partido para disputa no Senado. A segunda será usada para fechar aliança com outra sigla. Se não houver composição que exija a vaga, Jilmar Tatto, ex-secretário municipal de Transportes, entra na disputa. Ele derrotou a vereadora Juliana Cardoso, com 489 votos (58%) contra 350 (42%).

Palavras de ordem em favor de Lula permearam o evento. Marinho falou da "defesa intransigente de Lula livre" e convocou a militância a protestar no dia 3 de abril, véspera do julgamento do mérito do habeas corpus impetrado pela defesa do petista no Supremo Tribunal Federal. No dia 2, haverá manifestações no Rio e, no dia 4, em Brasília.

O PT de São Paulo ainda não se coligou a outra sigla. Se não fechar alianças, calcula que terá pouco mais de um minuto do tempo de TV dedicado às campanhas.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.