• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Vereadores aprovam novo Plano Diretor Urbano de Vitória

  • COMPARTILHE
Política

Vereadores aprovam novo Plano Diretor Urbano de Vitória

Dentre as emendas aprovadas pelos vereadores de Vitória estão o uso misto do Parque Tecnológico para empresas e residências

Nesta terça-feira (27), os vereadores da Câmara Municipal de Vitória (CMV) aprovaram o Projeto de Lei nº 290/2017, que institui o novo Plano Diretor Urbano do Município de Vitória. É este plano que ditará as regras para o crescimento da Cidade pelos próximos 10 anos. 

O projeto recebeu 56 emendas que foram protocoladas pela Comissão de Políticas Urbanas e pelos vereadores da CMV, dentre as quais 18 foram aprovadas pelos vereadores. A Sessão Ordinária durou cerca de oito horas.

Dentre as emendas aprovadas pelos vereadores de Vitória estão: o uso misto do Parque Tecnológico para empresas e residências; a retirada das Zonas de Proteção Ambiental da Vale; a liberação do remembramento nas ZEIS; a supressão do afastamento da Rodovia Serafim Derenzi e a flexibilização da exigência de vagas de estacionamento.

Além disso, 17 propostas foram rejeitadas em Plenário pelos vereadores, dentre as quais cita-se: a limitação de prédios públicos na Enseada do Suá e a proibição de boates na Praia do Canto e Santa Luzia.

“Hoje foi um dia histórico na Cidade de Vitória. Definimos o futuro de todas as comunidades da nossa Cidade quando votamos cada uma das emendas. Somos uma Câmara diferente! Em nenhum momento votamos pensando nos interesses particulares, mas sim no interesse público. Parabenizo a Comissão de Políticas Urbanas, presidida pelo vereador Davi Esmael (PSB), que trabalhou pautando-se na transparência e na participação popular”, declarou o presidente da Casa, vereador Vinicius Simões (PPS).

O presidente da Comissão de Políticas Urbanas, vereador Davi Esmael (PSB), disse que foi preciso criar o entendimento daquilo que é melhor para a Cidade de Vitória, do que se quer para a Cidade. “Hoje, construímos uma Cidade melhor. Votamos de acordo com a população. Agradeço ao presidente que me permitiu exercer com liberdade o debate do PDU de Vitória”, declarou.

Parque Tecnológico

O Parque Tecnológico de Goiabeiras é uma área de mais de 330 mil m², destinada a projetos voltados à tecnologia. A previsão é de que ele fique pronto em 2018. Os vereadores decidiram pelo uso misto do parque, ou seja, além das empresas e comércios, o local também poder ser usado como espaço residencial. Os empresários não gostaram da medida. O plano segue agora para a aprovação ou não do prefeito Luciano Rezende.

A Prefeitura de Vitória informou por meio de nota que vai analisar detalhadamente o novo PDU. Afirmou ainda que vai buscar o diálogo com os vereadores, já que a votação foi decidida por apenas um voto. O executivo já se pronunciou contra a emenda que trata do Parque Tecnológico e deve vetá-la. 

A PMV vai abrir também diálogo com a comunidade científica buscando um ponto de equilíbrio. O Parque Tecnológico é vital para a nova matriz de desenvolvimento pós-Fundap, que a cidade e o Estado precisam.