• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Municípios capixabas vão receber R$ 1 bilhão de investimentos

  • COMPARTILHE
Política

Municípios capixabas vão receber R$ 1 bilhão de investimentos

Recursos são provenientes do Banco do Nordeste e vão auxiliar 28 municípios capixabas das regiões Norte e Noroeste capixaba

Vinte e oito municípios das regiões Norte e Noroeste do Estado receberão R$ 1 bilhão em investimentos nos próximos meses em diversas áreas. Os recursos serão repassados pelo Banco do Nordeste e foram anunciados nesta quinta-feira (26), durante um evento realizado no Palácio Anchieta que contou com a presença do governador Paulo Hartung (MDB) e o presidente da instituição, Romildo Rolim.

Do total que será investido, R$ 500 milhões serão utilizados em para projetos de infraestrutura, que incluem produção de energia, construção de rodovias e de aeroportos e outras obras. O restante do valor será destinados para projetos de investimento, custeio e capital de giro em diversos setores da economia.

O aporte recebido pelo Espírito Santo neste ano, inclusive, é maior que o do ano passado, quando foram repassados R$ 262,3 milhões.

Hartung afirmou que, no país, não se faz desenvolvimento sem linhas de créditos. “A ideia do encontro é aproximar o Banco de nossas lideranças políticas e empresariais. A oferta colocada na mesa é maior do que operamos e, apesar das linhas de crédito no país não serem baratas, é um recurso diferenciado. Além disto, também estamos assinando um acordo de cooperação entre o Incaper, onde nossa área de extensão rural irá auxiliar na possibilidade de pequenos financiamentos, de maneira capilarizada, aos produtores capixabas”, explicou o governador.

Romildo Rolim explicou a importância do encontro. “O nosso objetivo é aproximar o Banco Nordeste das lideranças políticas e empresariais. Porque é isso que faz a gente trabalhar e enxergar as necessidades e priorizar os nossos investimentos”.

Cooperação

Durante o encontro, foi assinado um termo de cooperação entre o Banco do Nordeste e o Incaper. O objetivo é usar a estrutura do Incaper nos municípios, para facilitar o acesso dos pequenos produtores rurais aos financiamentos do Banco do Nordeste. "Daremos todo o apoio para desenvolver a região e para o produtor acessar o crédito do Banco", destacou a diretora-presidente do Incaper, Nara Rocha.

Fundo

Criado em 1988, o Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) é um instrumento de política pública federal, operado pelo Banco do Nordeste.

Tem como objetivo contribuir para o desenvolvimento econômico e social do Nordeste com execução de programas de financiamento a setores produtivos, em consonância com o plano regional de desenvolvimento, possibilitando a redução da pobreza e das desigualdades.

Atualmente, o FNE atende a 1.990 municípios situados nos nove estados que compõem a Região Nordeste e Norte do Espírito Santo e de Minas Gerais, incluindo os Vales do Jequitinhonha e do Mucuri.