• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Temer grava vídeo com boas notícias na economia e compara com gestão petista

  • COMPARTILHE
Política

Temer grava vídeo com boas notícias na economia e compara com gestão petista

Dando prosseguimento ao esforço de demonstrar bons resultados na economia, o presidente Michel Temer publicou nas redes sociais um vídeo de dois minutos no qual lista seis notícias consideradas boas para o País e faz comparações do resultado positivo de seus dois anos de governo com as administrações dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, sem citá-los nominalmente. Temer confirmou ainda a antecipação do cronograma de pagamentos dos R$ 100 bilhões pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ao Tesouro Nacional.

"Com estes recursos, o governo fecha as contas de 2018 e garante o cumprimento da chamada regra de ouro", disse Temer, acrescentando que "a Petrobras atingiu o maior valor de mercado da sua história, R$ 312,5 bilhões" e que o Brasil "foi considerado por 2.500 altos executivos de todo o mundo o segundo principal destino de investimentos externos dos principais setores industriais".

Com problemas políticos que atrapalham a sua disposição de disputar a reeleição, Temer tem buscado sustentação em números da economia para exaltar o sucesso de governo. A cada dado apresentado, fez relação com resultados anteriores dos governos petistas.

Ao falar sobre a pesquisa, que é realizada a cada dois anos, que apontou que o Brasil é o segundo principal destino de investimentos externos dos principais setores industriais, o presidente Temer aproveitou para dar uma estocada no governo passado. "A pesquisa é feita de dois em dois anos. Na última, o Brasil estava em oitavo lugar. E, agora, repito, está em segundo lugar", ressaltou.

O presidente classificou ainda como "outra boa notícia" o resultado do setor automotivo, que aumentou a produção em 40%, se comparada a produção de abril do ano passado com abril deste ano. Temer acrescentou ainda que, "até no tópico dos caminhões, houve um aumento de 58%, que significa que estes caminhões vão transportar a produção nacional". Temer lembrou ainda que "os Correios tiveram lucro de R$ 667 milhões em 2017", salientando que "este, aliás, é o primeiro lucro desde 2013, quando a companhia começou a registrar prejuízos seguidos até 2016".

Segundo Temer, no setor de supermercados, houve um aumento expressivo de vendas entre o ano passado e este ano, significando que os brasileiros têm ido mais ao supermercado e consumido mais do que consumia no ano passado. Ao citar a Petrobras, depois de ressaltar que a empresa bateu recorde de R$ 312,5 bilhões na cotação da Bolsa de Valores, Temer, mais uma vez fazendo comparação com a gestão petista, fez questão de citar que a estatal "chegou a valer R$ 62 bilhões em um passado recente". E completou: "assim como recuperamos o Brasil em dois anos, nós recuperamos a Petrobras".