• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Vereador da Serra é detido com arma e R$ 11 mil

  • COMPARTILHE
Política

Vereador da Serra é detido com arma e R$ 11 mil

De acordo com a Polícia Militar, Stefano de Andrade e outros dois servidores da Câmara municipal estavam em posse de R$ 11,1 mil e um revólver calibre 32

O carro em que os detidos estavam foi apreendido e levado para a Delegacia Regional da Serra

O vereador da Serra Stefano Sbardelotti de Andrade (PHS) e mais duas pessoas foram levados para a delegacia, na tarde desta sexta-feira (11). De acordo com a Polícia Militar, os três foram abordados no bairro Belvedere, no município, e estavam a bordo de um Hyundai HB20 sedan branco.

Ainda de acordo com a PM, durante a revista foi encontrado, embaixo do banco do carona, um revólver calibre 32 com quatro munições intactas, além de R$ 11,1 mil em espécie.

Os ocupantes do veículo foram conduzidos para a Delegacia Regional da Serra, juntamente com o material e o veículo, que foi apreendido. A Polícia Civil não confirmou a quem pertence a arma apreendida e nem a proveniência do dinheiro. Até a noite desta sexta-feira os detidos ainda estavam prestando depoimento na delegacia.

Durante a tarde, assessores do vereador estiveram na unidade policial. Um deles confirmou que os outros dois detidos são Rodrigo Ferreira Merlo, coordenador de comunicação da Câmara de Vereadores da Serra, e Fabrício Alves de Oliveira, superintendente do órgão. O carro em que eles estavam quando foram abordados pertence a Rodrigo.

O vereador Cabo Porto (PSB) também esteve na Delegacia Regional da Serra e conversou com a imprensa. O parlamentar disse que foi ele quem acionou o Ciodes após suspeitar que o carro onde estavam os três detidos estaria o perseguindo.

Cabo Porto conta que havia acabado de sair da câmara, no início da tarde, quando percebeu a aproximação do HB20. Ele disse que, pela sua experiencia de mais de 20 anos como policial militar, ele achou estanha a movimentação do veículo e decidiu acionar o Ciodes. O carro foi localizado pela PM, que realizou a abordagem.

Sessão extraordinária

Os três detidos nesta sexta-feira haviam saído para almoçar juntos, logo após uma manhã conturbada na Câmara de Vereadores. Parlamentares estiveram na sede do legislativo municipal pela manhã por causa de uma suposta sessão extraordinária, que seria feita a pedido do prefeito Audifax Barcelos.

No entanto, segundo informações de funcionários da Câmara, o pedido não foi oficializado. O presidente interino da Casa, vereador Rodrigo Caldeira (Rede), não convocou os vereadores e somente três parlamentares, entre eles o líder do governo, Luiz Carlos Moreira (PMDB), compareceram ao plenário.

Stefano Andrade foi eleito vereador na Serra nas eleições de 2016, com 2.034 votos. Na Câmara, o parlamentar trabalha em oposição ao prefeito Audifax Barcelos, assim como o presidente interino da casa, Rodrigo Caldeira.