• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Deputados federais querem aproveitar recesso para realizar reuniões com bases no Estado

  • COMPARTILHE
Política

Deputados federais querem aproveitar recesso para realizar reuniões com bases no Estado

O recesso em Brasília deve ter início na próxima semana, e será a oportunidade para que deputados capixabas realizem encontros tanto na Grande Vitória quanto no interior

O mês de julho reserva uma particularidade para o meio político: os recessos parlamentares na Câmara dos Deputados e na Assembleia Legislativa.

É durante esse período, geralmente uma ou duas semanas sem sessões nos plenários, que os deputados aproveitam para tirar alguns dias de férias, fazer reuniões com aliados e, claro, visitar suas bases eleitorais.

Em Brasília, o recesso da Câmara começa na próxima segunda-feira (17) e será de uma semana. No entanto, existe a possibilidade de ele ser cancelado para que os deputados consigam concluir a análise da denúncia apresentada pela Procuradoria Geral da República (PGR) contra o presidente da República Michel Temer (PMDB). A decisão da paralisação ou não está nas mãos do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Caso o recesso realmente aconteça, os parlamentares utilizarão o tempo livre no Espírito Santo para reuniões, como garante o deputado Lelo Coimbra (PMDB).

“Durante o recesso na Câmara aproveito para ter um contato ainda mais direto com os moradores e lideranças políticas do nosso Estado. Vou visitar alguns municípios capixabas e também conversar com os prefeitos. A maioria dos prefeitos está fazendo um esforço fiscal e precisa de apoio para equilibrar as contas. Também vou aproveitar para fazer conversas sobre a atuação no mandato parlamentar e falar sobre o atual momento político e os desafios econômicos que o Brasil enfrenta”, destaca Lelo.

Além dele, Sergio Vidigal (PDT) também usará o tempo no Estado para realizar reuniões, inclusive dentro do próprio partido, para já tratar dos planos para 2018, quando ocorrerão eleições.

"Durante o recesso parlamentar nosso mandato continua focado no Espírito Santo. Agendamos reuniões com lideranças do interior e da Grande Vitória. Na Serra, vamos nos reunir com lideranças as necessidades dos moradores. Também teremos reuniões internas do PDT para discutir as ações do segundo semestre bem como as eleições de 2018", explica Vidigal.

Na Assembleia

As sessões ordinárias na Assembleia Legislativa param no dia 18 deste mês e retornam no dia 1º de agosto. Durante esse período, o líder do governo na Casa, Rodrigo Coelho (PDT), também aproveitará para realizar encontros e seguirá participando das conferências municipais junto ao setor da Assistência Social.

“Além do trabalho de articulação entre os deputados e o governo do estado, que nunca se encerra, ao longo de julho nós vamos seguir nas Conferências Municipais de Assistência Social. Ao longo do mês vamos passar por sete municípios, como Cachoeiro, Guaçuí e Jerônimo Monteiro, além de também já termos agendadas importantes reuniões com entidades representativas do setor da educação, como o Mepes”, diz o deputado, que também preside a Comissão de Educação da Ales.