• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Moradores do Caparaó participam de audiência para criação do Orçamento Anual

  • COMPARTILHE
Política

Moradores do Caparaó participam de audiência para criação do Orçamento Anual

As duas últimas reuniões acontecerão nesta quinta (27) e sexta-feira (28), em Santa teresa e Guarapari. Pelo site, sugestões podem ser mandadas até o início de agosto

Os moradores de Ibatiba e de diversas outras cidades do Caparaó, como Alegre, Castelo, Iúna e Cachoeiro de Itapemirim, lotaram o auditório da Câmara de Vereadores de Ibatiba na tarde desta quarta-feira (26) durante a audiência pública presencial para a elaboração do Orçamento Anual do Estado de 2018.

Esta foi a terceira das cinco reuniões promovidas pelo Governo do Estado nas regiões capixabas para debater e discutir com a própria sociedade as demandas reginais mais importantes e prioritárias. As duas próximas ocorrem em Santa Teresa e Guarapari, nestas quinta (27) e sexta-feira (28), respectivamente.

O encontro em Ibatiba contou a presença do vice-governador Cesar Colnago (PSDB), e do secretário de Planejmanento, Regis Mattos Teixeira, que frisou a importância de que esse trabalho seja realizado de forma coletiva e colaborativa, entre governo e sociedade.

Turismo

Uma das demandas dos moradores do Caparaó foi relacionada ao turismo na região, cobrada pela presidente da Associação Gestora de Turismo Rural, Luzitana Miranda. "Precisamos melhorar as condições das estradas e modernizar a sinalização turística, porque a atual não tem elementos que indiquem nossas propriedades e nossos pontos turísticos”, revelou.

Internet

Os capixabas também podem encaminhar sugestões ao orçamento pelo site www.orcamento.es.gov.br. Desenvolvido com versão mobile, o site pode ser acessado facilmente pela população, por meio de computadores, smartphones e tablets, e ficará disponível para acesso até o dia 2 de agosto, às 18 horas.

No site, os desafios são divididos em dez temas: Educação; Saúde; Segurança, Defesa Social e Justiça; Desenvolvimento Econômico; Desenvolvimento Social; Meio Ambiente e Agricultura; Infraestrutura e Logística; Desenvolvimento Urbano e Regional; Turismo, Cultura e Esporte; e Gestão Pública.