• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Auxílio-alimentação é sancionado e servidores começam a receber o benefício ainda neste mês

  • COMPARTILHE
Política

Auxílio-alimentação é sancionado e servidores começam a receber o benefício ainda neste mês

Cerca de 47 mil servidores do Espírito Santo passarão a receber o benefício, que será depositado já na folha deste mês

O Projeto de Lei que concede auxílio-alimentação aos servidores públicos que recebem por subsídio foi assinado pelo Governador Paulo Hartung na manhã desta segunda-feira (14) no Palácio Anchieta, em Vitória. Aproximadamente 47 mil servidores passarão a receber o benefício, que será depositado já na folha deste mês e aumenta de R$176 para R$220. 

A quantia representará um ganho financeiro de no mínimo 10% aos profissionais cujo provento é de até R$2.220; 7,33% aos servidores com remuneração de R$2.221 a R$3 mil e 4,4% aos que recebem acima de R$3 mil até R$5 mil.

Os aproximadamente seis mil servidores vinculados à modalidade vencimento, que já contavam com o auxílio-alimentação, também terão ganhos com a nova medida, pois o valor do benefício sofrerá um aumento de 25%. Somente este reajuste causará um impacto mensal de R$450 mil à folha do Executivo. Se somado aos gastos com a ampliação do auxílio, o valor alcançará a marca mensal de R$11 milhões e a anual de R$143 milhões.

Durante o ato de homologação da lei, o governador ressaltou que, apesar do tema estar judicializado, a medida é uma decisão administrativa do Poder Executivo Estadual com apoio da Assembleia Legislativa.

"Neste momento que ganhamos um pouco de fôlego financeiro estamos dando um importante passo à frente. Sanciono com muita alegria. É um tema que está judicializado há muitos anos e estamos com uma decisão administrativa do Governo do Estado, com apoio da Assembleia, concedendo benefícios importantes aos servidores. É uma medida que auxilia, principalmente, os servidores que ganham menos e uma medida que serve de exemplo para o País. Vamos rodar a folha de pagamento deste mês já incluindo o benefício", garantiu o governador Paulo Hartung.

Para a secretária de Estado de Gestão e Recursos Humanos (Seger), Dayse Lemos, “a ação só foi possível porque desde o início dessa gestão o Governo se esforçou para organizar as contas do Estado, mantendo o compromisso de honrar a folha de pagamento, depositando em dia e dentro do próprio mês o salário dos servidores”.