• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Justiça eleitoral cassa diploma de prefeito e vice de Castelo

  • COMPARTILHE
Política

Justiça eleitoral cassa diploma de prefeito e vice de Castelo

Luiz Carlos Piassi foi acusado de irregularidades em suas contas da última campanha, em 2016

O prefeito de Castelo, Luiz Carlos Piassi, e seu vice, Pedro Nunes de Almeida, tiveram seus diplomas cassados pelo Ministério Público Eleitoral (MPE-ES) por conta de irregularidades em contas da campanha eleitoral de 2016.


Na decisão, o juiz eleitoral de Castelo, Joaquim Ricardo Camatta Moreira, afirma que Piassi "assumiu o risco de tê-las desaprovadas pelas doações recebidas em campanha, que ultrapassaram em muito o limite aceitável ou razoável, realizadas sucessivamente por um mesmo doador, em curtíssimo espaço de tempo em um mesmo dia, também repetidas em datas posteriores. 

Luiz Carlos Piassi (PMDB) foi eleito com 10564 votos, cerca de 50,65% dos votos válidos. O segundo colocado na disputa eleitoral foi João Paulo Nali (PTB), que obteve 7795 votos.

A decisão ainda cabe recurso junto ao Tribunal Regional Eleitoral do Espírito Santo (TRE-ES). Caso o recurso seja negado, o prefeito pode perder seu mandato.

Procurado através de sua assessoria, Piassi informou que ainda não foi oficialmente notificado da decisão, mas que vai recorrer.