• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

ANTT cobrará novos estudos a ECO 101 para readequação do contrato de duplicação da BR-101

  • COMPARTILHE
Política

ANTT cobrará novos estudos a ECO 101 para readequação do contrato de duplicação da BR-101

De acordo com o diretor da ANTT, Sérgio de Assis Lobo, a agência espera uma proposta da ECO 101 que poderá determinar que o prazo de revisão de cronograma de obras seja ampliado de cinco para 14 anos

Após rejeitar o primeiro estudo apresentado pela ECO 101 para a duplicação da BR-101, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) informou à Comissão Externa de Fiscalização da BR 101, que cobrará da concessionária novos estudos.

A informação foi repassada aos deputados na última terça-feira (5), durante a reunião que aconteceu na sede da ANTT - que vai solicitar um planejamento mais detalhado na escala de tempo e com as informações de pedágio. Novas sanções a ECO 101 não estão descartadas, caso os prazos e determinações não sejam cumpridas.

De acordo com o diretor da ANTT, Sérgio de Assis Lobo, a agência espera uma proposta da ECO 101 considerando o cumprimento de toda a duplicação e a edição de Medida Provisória do Governo Federal, que poderá determinar que o prazo de revisão de cronograma de obras seja ampliado de cinco para 14 anos.

A reunião na ANTT contou com a presença dos deputados Marcus Vicente (PP), coordenador da Comissão; Lelo Coimbra (PMDB), Paulo Foletto (PSB) e Jorge Silva (PHS).

“Temos uma nova reunião com a ANTT, ainda a ser agendada, para saber se a empresa cumpriu o solicitado e conhecer a proposta mais adequada na avaliação da agência. O importante, para nós, é que o usuário não seja ainda mais prejudicado pelos aumentos de pedágio sem que as obras saiam efetivamente do papel”, destacou Vicente.